Adoptar um estilo de vida saúdavel

Gostou? Partilhe

O que acontece quando fumamos – e quando paramos de fumar

Fumar ou estar exposto frequentemente ao fumo do tabaco afeta severamente a saúde e a vida.

Há algumas décadas que sabemos os perigos que corremos e são bem conhecidos os efeitos provocados pelo fumo do tabaco. Dentes, nariz e pulmões são os mais afetados, para além do significativo risco aumentado de desenvolver cancro do pulmão.  Também os estudos indicam que metade dos fumadores morre prematuramente por causa do tabaco perdendo, em média, 20 anos das suas vidas.

Com a introdução das medidas de controlo do tabagismo, embora o consumo de tabaco tenha diminuído nos últimos anos, essa redução não está a ser suficiente para cumprir a meta europeia, em 2025, de uma redução relativa de 30% na prevalência do consumo atual do tabaco para os 53 estados membro. E o impacto de não cumprir esse objetivo custará vidas e recursos à Europa.

Houve aumento dos impostos sobre o tabaco, proibição de fumar em locais públicos, proibição de publicidade dos produtos de tabaco e de vendas a menores, o público é alertado sobre os perigos do uso do tabaco. Mas são necessários meios educativos capazes de aumentar a motivação dos fumadores atuais, ajudando-os a parar de fumar. Por isso, convem informar, lembrar e reforçar algumas mensagens: como é que o fumo dos cigarros prejudica o corpo? Quando começa e como se dá a recuperação quando se pára de fumar?

Krishna Sudhir é considerado um dos melhores cardiologistas na América. É professor na Universidade de Stanford e na Universidade da Califórnia em Berkeley e desenvolveu um vídeo educativo para o canal TED-Ed para explicar o que acontece quando fumamos – e quando paramos de fumar. Vale a pena ver o video!

Assista agora no canal TED-Ed com legendas em português, disponíveis nas opções do canto inferior direito.


[fonte] Referências: World Health Organization. (2018). WHO global report on trends in prevalence of tobacco smoking 2000-2025. World Health Organization. [/fonte]

Reduzir o risco de cancro da próstata começa com uma importante medida de prevenção que pode ser adotada por si. Informe-se!
A prevenção da surdez na criança é imperiosa e quando inevitável, é importante atuar em tempo útil, com reabilitação auditiva. Saiba mais
Reduzir o risco de cancro gástrico começa com medidas concretas de prevenção. Melhore gradualmente a qualidade do que come.
A surdez neurossensorial é uma sequela comum das infeções do grupo TORCH. Há medidas de prevenção e reabilitação precoces a tomar.