Férias de verão com hábitos saudáveis: leve-os consigo ou experimente novos

Nada o impede de aproveitar uns dias de férias de verão de modo descontraído  e relaxante, mas sem esquecer de levar consigo os hábitos saudáveis que já tem ou experimentar novos comportamentos.

É, em ocasiões como são as férias de verão que pode comer melhor, movimentar-se mais e, claro, proteger-se do sol e das horas com níveis de ultravioletas muito elevados. 

Para as refeições principais, selecione os grelhados. Os peixes frescos apanhados na costa marítima onde passa férias, ou os mariscos são excelentes opções. Para variar ao longo dos dias, procure escolher peças de carne magras. Afaste-se da entremeada/barriguinhas, bacon, das salsichas, linguiças e outras carnes processadas.
A investigação tem provas que confirmam: o consumo regular de carne gorda, processada aumenta o risco de cancro do estômago, do cólon e do reto.

Os melhores companheiros dos grelhados são as saladas de legumes, frescas e coloridas, tradicionalmente temperadas à moda do mediterrâneo com ervas aromáticas frescas e perfumadas, algumas com um toque picante, mais disponíveis do que em qualquer outra estação do ano. São excelentes substitutos do sal e acrescentam compostos fitoquímicos que têm efeitos protetores e anticancerígenos. As ervas frescas aguentam bem no frigorífico por 3 a 4 dias, quando são armazenadas, envoltas em papel e guardadas num saco plástico.

Também pode confeccionar espetadas com misturas de vegetais, que enriquecem nutricionalmente qualquer prato, do almoço ou do jantar. Use molho vinagrete nos legumes assados.

Quando comer fora, procure locais com refeições completas. Fuja do bife com batatas fritas com uma folha de alface ou sem legumes. 

E para sobremesa? Brownie de chocolate, gelados tipo sundae, bolas de berlim… Nada disso! Pense se quer tantas calorias de uma só vez. Um sorvete com fruta de verão é a melhor opção.

bebidas hidratantes, férias de verão, Peça bebidas hidratantes que refresquem verdadeiramente. Experimente sumo de melancia, um smoothie, um batido de framboesas. Mas melhor é água e adicione hortelã fresca ou manjericão.
Seja moderado com bebidas que têm álcool ou tremendamente açucaradas. 

Para os lanches de praia ou de viagem, o conselho passa por sanduíches cuja composição deve integrar pelo menos dois legumes, embaladas para suportar o calor e muita fruta. Pacotes de batatas fritas, chips ou bolachas, só têm aquilo que a sua saúde e corpo não precisam: açúcar ou sal e muita gordura saturada. 

Como atividade física ao fim do dia, ou logo pela manhã, avance para uma caminhada de 45 minutos, dinâmica. Não leve telemóvel. Aproveite as vistas do mar, dos vales ou das serras. Nestas férias de verão desligue o televisor, mude para o canal natureza. Guarde o comando da box no cofre do hotel. Dias de férias, são dias para fazer tudo o que não consegue durante o ano inteiro e o mais diferente possível.

No fim das férias queremos estar bronzeados e cheios de energia. Leve um protetor solar com SPF superior a 50, para que a sua pele fique livre de queimaduras.

Referências: Bouvard, V., Loomis, D., Guyton, K. Z., Grosse, Y., El Ghissassi, F., Benbrahim-Tallaa, L., … & Straif, K. (2015). Carcinogenicity of consumption of red and processed meat. The Lancet Oncology16(16), 1599-1600. Photo credits Tianyi Ma on Unsplash, Kaizen Nguyễn on Unsplash 

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional nº 0052N. Investigadora na Fundação para a Ciência e Tecnologia (2011-2015). Membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança – CIEC. Desenvolve a sua atividade na Investigação e na área da Nutrição Clínica. É autora e coordenadora de projectos de prevenção primária na área da saúde, bem como na organização e dinamização de seminários sobre hábitos alimentares saudáveis, predominantemente em ambiente escolar. Os seus atuais interesses de investigação, são no domínio da promoção e da comunicação para a saúde, na prevenção do cancro e de outras doenças crónicas. Responsável pela conceção e coordenação de campanhas para a prevenção do cancro. Trabalhou no Marketing Farmacêutico e especializou-se em Gestão e Comunicação da Marca (IPAM – 2003). Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal, adotar um estilo de vida saudável. Usa o novo acordo ortográfico. Margarida Vieira, nutritionist, is PhD in Child Studies of the University of Minho. Member collaborator of the Research Centre for Child Studies - CIEC. 
She is author and coordinator of projects for primary prevention in health care as well as in the organization and promotion of workshops on healthy eating habits in the schools. Her current research interests are cancer prevention and other chronic diseases and health communication.
 Responsible for the design and coordination of the awareness of campaigns for the prevention of cancer. Worked in Pharmaceutical Marketing and specializes in Brand Management and Communication. Author and Founder of Stop Cancer Portugal Project.