Exercício físico e cancro do rim: correr ou caminhar pode reduzir o risco

Correr ou caminhar pode reduzir o risco de desenvolver cancro do rim. Há um efeito protetor do exercício físico, reduzindo a sua prevalência na população em geral. Em Portugal, as estimativas anuais indicam mais de 1300 novos casos de cancro do rim, segundo estatísticas disponibilizadas pela Agência Internacional de Pesquisa em Cancro.

Além das causas genéticas e do histórico familiar de cancro do rim, os fatores de risco estabelecidos para este tipo de cancro são o tabagismo, a obesidade e a hipertensão representando cerca de 49% do risco.

Maiores níveis de exercício físico estão associados à perda de peso e à prevenção do ganho de peso com a idade, com uma tensão arterial mais baixa e a prevenção da hipertensão, a uma glicemia em jejum mais baixa e a prevenção da diabetes tipo 2, o que conjuntamente pode contribuir para reduzir o risco do cancro do rim. O efeito protetor do exercício físico deve-se por induzir diretamente a diminuição do estrogénio e do fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1, melhorando a sensibilidade à insulina, elementos identificados como promotores da carcinogénese renal.

cancro do rim, exercício fisico e cancro do rim, Um estudo publicado na revista Medicine & Science in Sports & Exercise revelou que correr ou caminhar cerca de 150 a 250 minutos por semana pode reduzir o risco do cancro do rim em 61%, comparativamente com níveis de atividade física abaixo das recomendações gerais (< 150 min/semana). Níveis de atividade física acima dos 250 até 500 minutos por semana, podem reduzir esse risco para 67%. E quando se ultrapassaram os 500 minutos por semana, o risco reduziu ainda mais, para 76,3%.

A prática de exercício físico regular é uma medida essencial na prevenção de muitos tipos de cancro, e também para o cancro do rim. Neste caso, quanto mais tempo dedica ao exercício físico e à sua prática, maior é o seu efeito protetor.

Referências: Al-Bayati, O., Hasan, A., Pruthi, D., Kaushik, D., & Liss, M. A. (2019, January). Systematic review of modifiable risk factors for kidney cancer. In Urologic Oncology: Seminars and Original Investigations. Elsevier.; Williams, P. T. (2014). Reduced risk of incident kidney cancer from walking and running. Medicine and science in sports and exercise46(2), 312.; Fotografia de Gesina Kunkel on Unsplash; https://pixabay.com/images/id-4211946/