Exercício físico regular para prevenir o cancro da mama pós-menopausa  

O exercício físico regular moderado está associado a um menor risco de cancro da mama invasivo nas mulheres pós-menopausa.

Em Portugal, o cancro da mama é o diagnóstico oncológico mais comum em mulheres, com cerca de 6000 novos casos. A mortalidade por este tipo de cancro atinge mais de 1500 mulheres, segundo as últimas estatísticas disponibilizadas pela Agência Internacional de Pesquisa em Cancro.

A inatividade física é um dos poucos fatores de risco para o cancro da mama, particularmente após a menopausa, e que pode ser facilmente modificado.

O primeiro passo é, antes da menopausa, tornar-se fisicamente ativa: iniciar ou manter uma atividade física lúdico-desportiva como caminhar, andar de bicicleta, correr, nadar ou mesmo dançar. O mais importante é gostar da atividade que vai fazer e estar motivada para uma prática regular, de modo a colher benefícios, diminuindo o risco de cancro da mama.

trinta minutos de exercício fisicoOs estudos mais recentes indicam que, a manutenção de um programa regular de exercícios que envolva pelo menos 4 horas de caminhada por semana, é considerado suficiente para obter efeitos protetores. Isto corresponde a cerca de 30 minutos diários de uma atividade lúdico-desportiva.

Um estudo de coorte prospectivo que seguiu mulheres durante 4 anos, chegou à conclusão que as mulheres que cumpriam níveis de atividade física superiores a 4 horas semanais diminuíram o risco de cancro da mama em 10%, quando comparadas com as mulheres que se exercitavam menos.

O mecanismo provável e protetor da relação entre atividade física e o risco de cancro da mama na pós-menopausa é o efeito no controlo do peso. A ligação do estradiol ao receptor de estrogénio e a exposição a metabólitos genotóxicos mutagénicos do estrogénio está identificada na iniciação, promoção e desenvolvimento do cancro da mama. Após a menopausa, os ovários deixam de produzir estrogénios e o tecido adiposo torna-se o principal fornecedor da enzima aromatase, a responsável pela conversão dos androgénios em estrogénios.

Por isso, é aconselhado um programa de exercício físico regular a todas as mulheres para prevenir o cancro da mama, o que contribui simultaneamente para o controlo do peso antes e pós menopausa.

Referências: Neilson, H. K., Farris, M. S., Stone, C. R., Vaska, M. M., Brenner, D. R., & Friedenreich, C. M. (2017). Moderate-vigorous recreational physical activity and breast cancer risk, stratified by menopause status: a systematic review and meta-analysis. Menopause, 24(3), 322-344.; Fournier, A., Dos Santos, G., Guillas, G., Bertsch, J., Duclos, M., Boutron-Ruault, M. C., … & Mesrine, S. (2014). Recent recreational physical activity and breast cancer risk in postmenopausal women in the E3N cohort. Cancer Epidemiology and Prevention Biomarkers.