Prevenção do cancro coloretal: levante-se, faça exercício físico!

Share on Facebook41Share on Google+0Tweet about this on Twitter

O exercício físico pode diminuir o risco de cancro coloretal. Em Portugal, é o carcinoma mais incidente para ambos os sexos e com maior mortalidade (15.7%).

Quase todos os problemas atuais de saúde exigem soluções práticas diretamente relacionadas com o estilo de vida que dependem da nossa motivação para alterar o que não está bem, por isso levante-se e faça exercício físico. Use as medidas preventivas que tem ao seu alcance.

As recomendações para a prevenção são claras: 150 minutos ou mais por semana de exercício físico ou atividade física moderada ou vigorosa, isto é 30 minutos, 5 dias por semana e evitar a inatividade completa.

Não ceda à tentação de deixar-se ficar pelo sofá com a desculpa de precisar de descansar. São conceitos diferentes, descansar ou deixar-se ficar sentado o dia todo. O ser humano necessita de descansar, dormir bem, fazer uma sesta frequentemente. Em dias de lazer, estar sentado 6 ou mais horas por dia é um longo período colocando-o na categoria de inativo.

Os efeitos do exercício físico foram estudados e avaliados comparativamente com as horas de permanência na posição sentado durante as horas de lazer para o diagnóstico do cancro retal e os seus resultados foram publicados no Journal of Clinical Oncology. Os participantes do estudo completaram questionários sobre atividade física e sobre o tempo de lazer antes do diagnóstico de cancro coloretal e depois do diagnóstico. Os participantes que dedicavam 150 minutos por semana ou mais na prática de atividade física como caminhada (taxa metabólica > 8.75 MET) apresentaram menor risco de mortalidade em relação aos que não atingiam os 150 minutos (<3.5MET).

Também estar sentado 6 ou mais horas durante os períodos de lazer foi associado a uma maior mortalidade, quando comparado com estar sentado menos de 3 horas por dia. Ser inativo, permanecer sentado durante períodos longos é um fator de risco para a incidência e mortalidade do cancro coloretal.

Com o bom tempo a chegar é possível diversificar e experimentar novas modalidades de atividade física consideradas moderadas ou vigorosas e que são declaradamente benéficas para a prevenção do cancro, além da caminhada ou corrida. Pode pensar em jogos com raquetes, pesca no rio, canoagem, jardinagem, umas aulas de surf, bodyboard ou uns passeios de patins em linha, longboard. Ou ir para o emprego de trotinete nos próximos dias azuis.

Referências:Campbell, P. T., Patel, A. V., Newton, C. C., Jacobs, E. J., & Gapstur, S. M. (2013). Associations of recreational physical activity and leisure time spent sitting with colorectal cancer survival. Journal of Clinical Oncology, 31(7), 876-885.;Haskell, W. L., Lee, I. M., Pate, R. R., Powell, K. E., Blair, S. N., Franklin, B. A., … & Bauman, A. (2007). Physical activity and public health. Updated recommendation for adults from the American College of Sports Medicine and the American Heart Association. Circulation.; globocan.iarc.fr; Photo credits:http://www.newyorker.com/cartoons ;

Margarida Vieira

Sobre Margarida Vieira

Margarida Vieira é nutricionista e doutoranda em Estudos da Criança, na Universidade do Minho. Os seus interesses de investigação estão centrados na promoção e comunicação para a saúde e na prevenção do cancro. Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal - adotar um estilo de vida saudável.