O Yoga no Cancro

Parece haver benefícios da prática do yoga em doentes oncológicos segundo indicam alguns estudos recentemente publicados.

Para avaliar os benefícios do yoga no cancro, estes estudos incluem sempre dois grupos: um que pratica yoga e o outro que não pratica, e que se encontram com o mesmo tipo de cancro, no mesmo grau de desenvolvimento, e também são avaliados durante o mesmo espaço de tempo e sujeitos ao mesmo tipo de tratamento (radioterapia, quimioterapia, ou terapia hormonal).

Segundo os estudos disponíveis, parece ser possível através da prática regular de yoga reduzir ou eliminar alguns dos efeitos colaterais dos tratamentos de cancro: dor de cabeça e enxaqueca, enjoos, qualidade do sono, variações de humor, stress, angústia, ansiedade, depressão, confusão mental, cansaço físico e mental, entre outros.

A nível físico são evidentes os benefícios: alinhamento postural, recuperação dos movimentos do tecido cicatrizado e músculos envolventes, melhoria do equilíbrio, melhoria da atividade circulatória, da flexibilidade, da tonicidade muscular e também da performance física, contribuindo de forma significativa para o bem-estar físico, social e emocional.

A prática do yoga perante uma patologia grave ou crónica, deve ser sempre feita através de posturas suaves, ou através do yoga restaurativo. Conta com a ajuda de suportes como mantas, cintos, blocos ou almofadas, para ajudar e apoiar na prática do yoga. Podem ser realizadas mesmo por pacientes com limitações funcionais. Estas posturas suaves, coadjuvadas com uma respiração calma e profunda, com técnicas de relaxamento (yoga nidra) e meditação, conduzem a um excelente estado de bem-estar e de saúde em geral.

Referências: Bower, J. E., Garet, D., Sternlieb, B., Ganz, P. A., Irwin, M. R., Olmstead, R., & Greendale, G. (2012). Yoga for persistent fatigue in breast cancer survivors. Cancer118(15), 3766-3775.; Chandwani, K. D., Perkins, G., Nagendra, H. R., Raghuram, N. V., Spelman, A., Nagarathna, R., … & Cohen, L. (2014). Randomized, Controlled Trial of Yoga in Women With Breast Cancer Undergoing Radiotherapy. Journal of Clinical Oncology32(10), 1058-1065.; http://www.cancer.org/treatment/treatmentsandsideeffects/complementaryandalternativemedicine/mindbodyandspirit/yoga
Fonte de imagem: http://yogarestaurativa.blogspot.pt/

 

Alexandra Pereira, professora de yoga através da AIPYS-Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda, Espanha 2000. Licenciada em Filosofia (FLUP 1988). Mestrado em Filosofia: “A filosofia do yoga: da prática a uma filosofia de vida” ( FLUP 2019) Exerce a sua actividade profissional de professora de yoga em Vidya-Academia de Yoga do Porto (Desde 2001). Dirigiu e ministrou cursos de Formação: "Curso de Professores de Yoga" (desde 2010 a 2016) e "Curso de Monitor de Yoga para técnico de SPA" (2013). Os seus atuais interesses de investigação, relacionam-se com as doenças autoimunes e cancro, e no contributo que a prática de yoga oferece para melhorar a condição física, mental e psicológica do praticante. Curso de especialização ("Yoga for Cancer Survivors" 2013). Alexandra Pereira, yoga teacher through the AIPYS-Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda, Spain 2000. Specialization course ("Yoga for Cancer Survivors" 2013). Licenciate in Philosophy (FLUP 1988). Master Philosophy: “The Philosophy of Yoga: From Practice to a Philosophy of Life” (FLUP 2019) Professional activity: yoga teacher at Vidya-Academia de Yoga do Porto (since 2001). Direted and teached training Courses: "Yoga Teacher Course" (from 2010 to 2016) and "Yoga Monitor Course for SPA Technician" (2013). My current research, is relate to autoimmune diseases and cancer, and the contribution that the practice of yoga offers to improve physical, mental and psychological well-being in student.