Erva-príncipe: benefícios reais que se bebem e se comem!

Share on Facebook197Share on Google+1Tweet about this on Twitter

cha-erva-principeQuando ouvimos o nome erva-príncipe, reconhecemos de imediato a planta, devido ao famoso e delicioso chá príncipe. A erva-príncipe tem um nome cientificamente principesco: Cymbopogon citratos.

É uma planta herbácea de origem tropical e apresenta um crescimento bastante rápido, podendo atingir cerca de metro e meio de altura. As suas folhas são verdes-acinzentadas, finas e de bordas cortantes com flores amarelas. Em Portugal raramente se encontram as condições para floração.

As partes utilizáveis desta planta, são as folhas, frescas ou secas. Com elas faz-se um delicioso chá com um aroma semelhante ao limão. Se juntar algumas folhas frescas de erva-príncipe às saladas, elas ganharão um sabor novo. Também podem ser substitutas da casca de limão, em sobremesas caseiras, como o arroz doce. Para além disso, pode aproveitar as tiras da parte inferior do caule e juntar para temperar carnes, peixes ou mariscos.

Esta planta possui uma concentração considerável de flavenóides (luteolina, quercetina, kampferol, e apigenina), substâncias fitoquímicas que apresentam algumas propriedades antioxidantes. Alguma literatura relata também que há presença de taninos. Além das propriedades antioxidantes, a erva-príncipe apresenta também propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas, anti- bacterianas e anticancerígenas.

Plantar erva-príncipe no jardim ou numa pequena horta

Como cultivar erva-príncipe no jardim, de modo a tê-la sempre disponível quer para fazer chá, quer para adicionar aos seus cozinhados? Siga quatro passos:

  1. Instale por propagação de pés. Isto é, adquira os pés em qualquer loja de produtos agrícolas.
  2. Coloque os pés, 10 a 12 cm de profundidade na terra a uma distância de aproximadamente 1 metro. Para um metro quadrado de terra, use um total de 2 pés, ou use um pé por cada vaso.
  3. A planta necessita de um solo bem drenado e um local com muita iluminação. A rega deve ser feita todos os dias e, se necessário de manhã e ao fim da tarde, uma vez que esta planta gosta de humidade, importante para a manutenção de elevado teor em óleos essenciais. É uma planta muito sensível ao frio, por isso deve ser semeada durante a primavera e o verão. Em dias mais frios deve recorrer às técnicas de proteção das plantas, faladas aqui.
  4. As folhas devem ser colhidas no momento em que o seu ápice se apresenta castanho-amarelado. Esta característica ocorre geralmente cerca de sete a dez meses após a plantação, quando as folhas atingem o seu teor máximo de óleos essenciais.

Ter erva-príncipe na sua horta caseira é ter sempre o príncipe dos chás. Com um pequeno vaso obtem benefícios reais que se bebem e se comem!

Referências: Clevely Andy, Katherine Richmond. Manual completo de Plantas e Ervas Medicinais. Lisboa: Editorial Estampa;  Goulão, L. Erva-príncipe, um tesouro a (Re) descobrir. Associação Portuguesa de Horticultura www.aphorticultura.pt/uploads/4/8/0/3/48033811/jardim_24_jan.pdf; acedido em 26 de outubro 2016. Boukhatem, MN et al. Lemon grass (Cympogon citrates) essential oil as potent anti-inflammatory and antifungal drugs. Libyan J Med. 2014 Sep 19;9:25431.doi: 10.3402/ljm.v9.25431. eCollection 2014. Imagem em:  Créditos das imagens:blog docini, blog deixa entrar o sol
Catarina Santos

Sobre Catarina Santos

Catarina Santos é licenciada em Dietética pela Escola Superior de Saúde de Leiria. Interessa-se pela área das Tecnologias de Produção Animal e Vegetal e pela Nutrição.