Seja curioso, sinais de alerta do cancro

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter

medicard1O cancro continua a ser a segunda causa de morte em Portugal e nos países desenvolvidos, atingindo muitas famílias.

As melhores estratégias disponíveis de luta contra o cancro são sem dúvida a prevenção, o rastreio e a deteção precoce.

Distinguem-se muitas instituições de saúde no mundo, que têm como um dos seus objetivos contribuir para a redução da taxa de morbilidade e mortalidade causada por esta doença. O alcance deste objetivo passa por programas de cessação tabágica, alterações de dieta, promoção do exercício físico e deteção precoce através de programas de rastreio. No entanto, não nos podemos esquecer que a eliminação dos riscos ambientais e ocupacionais, nomeadamente a poluição do ar, da água e do solo é também um grande contributo.

Mas, para além do conjunto de estratégias delineadas por algumas associações e instituições governamentais ou privadas, cabe a todos os cidadãos contribuir de forma simples e gratuita para a deteção precoce e consequentemente para a promoção da sua saúde. O Slogan poderá ser “Seja curioso”.

Fique alerta para um conjunto de sinais que pode permitir a deteção precoce desta doença. Se detetada precocemente a probabilidade de cura é muito maior e o sofrimento menor.

Assim devem estar atentos a:

  1. Modificação de cor, dimensão ou ulceração de uma verruga ou sinal;
  2. Alteração de hábitos intestinais ou urinários;
  3. Rouquidão ou tosse persistente;
  4. Dificuldade em engolir ou má digestão permanente;
  5. Ferida que não cicatriza;
  6. Hemorragia ou corrimento pelos orifícios naturais;
  7. Nódulo ou dureza persistente na mama ou noutra parte do corpo.

Se for detetada uma destas alterações sem motivo aparente não se assuste, mas também não hesite, consulte o seu médico.

Fonte de Informação: Phipps; Long; Woods & Cassmeyer. (2009). Enfermagem Médico-cirurgica. Conceitos e prática clínica. Lusodidacta. 8ª edição.; Redman, K. (2003). A Prática da Educação para a Saúde. Lusociência. 9ª edição.

Ana Paula Figueiredo

Sobre Ana Paula Figueiredo

Ana Paula Figueiredo é enfermeira especialista em Saúde Mental e Psiquiatria pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Exerce a sua atividade profissional na área da oncologia, no Porto. É autora de histórias infantis na área da educação para a saúde.