Verdadeiros Ursos: a realidade dos factos sobre os refrigerantes!

Esta é uma história contada por uma família de ursos mas conta também a história de milhões de famílias espalhadas pelo mundo inteiro.

Veja e ajude a partilhar os verdadeiros factos sobre os refrigerantes e outras bebidas açucaradas que, ingenuamente, muitos de nós ignoram e selecionam para os lanches dos mais novos.

Se tem por perto adolescentes dê a ver este pequeno filme, para que tomem consciência dos malefícios deste tipo de bebidas e possam ser mais criteriosos com as suas próprias escolhas.

A investigação tem provas científicas da relação direta entre consumo frequente de refrigerantes e a obesidade, o que promove a diabetes, a doença cardíaca, o acidente vascular cerebral, e muitos outros problemas de saúde.

O consumo de refrigerantes deve ser ocasional e nunca devem substituir a água e o leite, bebidas fundamentais na alimentação saudável.

Os factos

  1. Os refrigerantes e as bebidas açucaradas são uma das maiores fontes de calorias na alimentação (Dietary Guidelines for Americans, 2010).
  2. Beber um refrigerante todos os dias aumenta o risco de obesidade nas crianças em 60% (The Lancet, 2001).
  3. Beber diariamente uma ou duas bebidas açucaradas aumenta o risco de diabetes tipo II em 25% (Diabetes Care,2010).
  4. A diabetes pode levar à disfunção eréctil (Current Diabetes Report, 2005).
  5. A diabetes é a causa de mais de 60. 000 amputações por ano (U.S. Centers for Disease Control).
  6. Os açúcares e os ácidos dos refrigerantes promovem a cárie dentária (Surgeon General’s Report on Oral Health, 2000).

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional nº 0052N. Investigadora na Fundação para a Ciência e Tecnologia (2011-2015). Membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança – CIEC. Desenvolve a sua atividade na Investigação e na área da Nutrição Clínica. É autora e coordenadora de projectos de prevenção primária na área da saúde, bem como na organização e dinamização de seminários sobre hábitos alimentares saudáveis, predominantemente em ambiente escolar. Os seus atuais interesses de investigação, são no domínio da promoção e da comunicação para a saúde, na prevenção do cancro e de outras doenças crónicas. Responsável pela conceção e coordenação de campanhas para a prevenção do cancro. Trabalhou no Marketing Farmacêutico e especializou-se em Gestão e Comunicação da Marca (IPAM – 2003). Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal, adotar um estilo de vida saudável. Usa o novo acordo ortográfico. Margarida Vieira, nutritionist, is PhD in Child Studies of the University of Minho. Member collaborator of the Research Centre for Child Studies - CIEC. 
She is author and coordinator of projects for primary prevention in health care as well as in the organization and promotion of workshops on healthy eating habits in the schools. Her current research interests are cancer prevention and other chronic diseases and health communication.
 Responsible for the design and coordination of the awareness of campaigns for the prevention of cancer. Worked in Pharmaceutical Marketing and specializes in Brand Management and Communication. Author and Founder of Stop Cancer Portugal Project.