Pistas para se manter ativo

ginastica-suecaHoje dei por mim feliz. A tarde do dia anterior fora passada na praia. Com vento é certo mas tranquila, educacional e de alguma catarse!

Tranquila pois o espaço era imenso e o barulho de terceiros inofensivo.

Educacional porque assistimos à “chegada do peixe” e presenciámos todo o ritual inerente. De catarse porque me senti bem!

E hoje descubro um artigo da Escola de Saúde Pública de Harvard. Após analisar as 20 pistas aí descritas para se manter ativo deparo-me com o facto de que as havia descoberto simplesmente porque acreditei!

Algumas orientações para quem se quer manter ativo

Aqui ficam algumas:

  • Escolha atividades que gosta
  • Reparta o exercício (caso não o consiga fazer de seguida sempre é melhor fazer por três vezes)
  • Faça-o com um amigo (é das que mais gosto)
  • Mantenha um ritmo ‘vivo’ (pense numa música algo mexida)
  • Lanche em movimento (uma peça de fruta, por exemplo)
  • Experimente um pedómetro
  • Use as escadas
  • Desligue TV, computador ou o telemóvel e mexa-se pela casa (ligue o rádio, aparelhagem … e circule!)
  • Se usa os transportes públicos saia na paragem anterior e vá a pé
  • Se anda de automóvel estacione um pouco mais longe e ande
  • Considere adquirir um aparelho de ginásio para casa (em tempos de crise eu optaria por usar os jogos eletrónicos de família ou em fazer um pouco da tradicional “ginástica sueca”)
  • Divirta-se e torne o exercício num ato social. Que tal os parques municipais com ginásios ao ar livre e com percursos de bicicleta/caminhada?

E, após 4 alternativas que implicam o aumento do orçamento familiar vêm as duas últimas:

  • Introduza o exercício na sua agenda diária
  • Recompense-se participando em marchas/corridas solidárias ou adquirindo um adereço desportivo para mais prática física!

Aqui fica um exemplo de uma das pistas referidas (Faça-o com um amigo), à boa maneira portuguesa.

Cristina Antunes

Maria Cristina Antunes é licenciada em Professores do Ensino Básico na variante de Educação Física (ESE-IPG), mestre em Ciências da Educação na especialidade de Administração e Organização Escolar (FEP-UCP) e doutoranda em Estudos da Criança na especialidade Organização da Educação (...)