Dia Mundial da Alimentação 2016

O clima está a mudar: a alimentação e a agricultura também” é o tema oficial do Dia Mundial da Alimentação 2016 definido pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Numa dimensão internacional, as comemorações do dia 16 de outubro, este domingo, servem como alerta global para que sejamos cooperantes, dando o nosso melhor contributo para uma causa que é, cada vez mais, de todos nós.

As estimativas indicam que o número de habitantes do planeta vai superar os nove bilhões de pessoas em 2050 e a FAO estima que a produção mundial de alimentos vai ter de aumentar aproximadamente 60% para poder satisfazer as futuras necessidades de bens alimentares.

São os pequenos agricultores, os responsáveis por produzirem a maior parte dos alimentos que consumimos. Mas também são estes agricultores, os mais afetados pelas altas temperaturas, pelas secas e por outros desastres relacionados com uma meteorologia adversa, consequências visíveis das mudanças climáticas.

O vídeo promocional da FAO sobre a temática deste ano dá-nos uma ajuda sobre o que podemos fazer juntos para superar o desafio. “Vamos adaptar a agricultura às alterações climáticas para construir a geração Fome Zero“.

Sofia Costa, natural de Lisboa e residente em Leiria, frequenta atualmente o 2º ano da Licenciatura de Nutrição Humana e Qualidade Alimentar na Escola Superior Agrária de Castelo Branco. Aprecia atividades ao ar livre e cultiva um estilo de vida saudável. Gosta de participar em ações de solidariedade e fez voluntariado durante um ano, num Lar da Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia. No futuro, gostaria de integrar um projeto que ajudasse a combater a fome no Mundo. Colaboradora do Stop Cancer Portugal desde abril de 2014. Usa o novo acordo ortográfico.  


  Sofia Costa, was born in Lisbon and lives in Leiria. Currently she is in 2nd year degree of Human Nutrition and Food Quality at Polytechnic Institute of Castelo Branco, Escola Superior Agrária (ESA). She enjoys outdoor activities and to have a healthy lifestyle. She likes to participate in actions of solidarity and had already done voluntary work, during a year in a nursery home health at Santa Casa da Misericórdia. In the future, she would like to join into a project to help fight hunger in the world. Collaborates with Stop Cancer Portugal since april 2014.