Adoptar um estilo de vida saúdavel

Gostou? Partilhe

Pós-Graduação em Nutrição em Geriatria e Saúde: responder aos desafios do século XXI

nutrição em geriatria,

Os inegáveis avanços das ciências da saúde contribuíram para o aumento da esperança média de vida e consequentemente para o envelhecimento da população.

Devido às diversas alterações morfológicas, funcionais e psicossociais que ocorrem no processo do envelhecimento, torna-se essencial que todos profissionais de saúde, reconheçam as condicionantes inerentes à pessoa idosa, adaptando a sua conduta de prestação de cuidados às diferentes realidades da esfera geriátrica.

A nutrição tem um papel fundamental na manutenção da qualidade de vida. É parte integrante do apoio ao idoso e não pode ser negligenciada pelas equipas multidisciplinares. Assim, a formação em Nutrição em Geriatria e Saúde ganha importância e revela-se necessária a todos os profissionais de saúde, para uma assistência integrada ao idoso, atualizada e certificada.

curso nutrição em geriatria,
clique em cima da imagem para abrir

O Curso de Pós-Graduação em Nutrição em Geriatria e Saúde pretende dar resposta às exigências e aos desafios, com que se deparam todos os profissionais que atuam neste domínio.
Este curso destina-se a licenciados em Nutrição, Medicina, Psicologia, Enfermagem, Medicina Dentária, Ciências Farmacêuticas, outros profissionais de saúde com interesse numa especialização nesta área, como diretores técnicos ou clínicos.

Todas as informações relativas ao curso estão disponíveis na página online: https://www.asib.pt/pos-graduacao-em-nutricao-em-geriatria-e-saude/

[fonte]Fonte: Informação enviada pela coordenadora do curso Susana Ganhão Arranhado [/fonte]

Quais foram os 10 artigos mais lidos em 2023 no Stop Cancer Portugal- adotar um estilo de vida saudável? Boas leituras.
A equipa Stop Cancer Portugal deseja a todos os seus leitores e seguidores Boas Festas.
O Dia Mundial da Alimentação de 2023 convida-nos a economizar diariamente água. A água é vital para todos e para o futuro do planeta.
Em Portugal não existem ferramentas de avaliação para averiguar as preocupações reprodutivas em homens com cancro. Participe