Adoptar um estilo de vida saúdavel

Gostou? Partilhe

Março: alertar para a prevenção do cancro colo-retal

Alertar para a prevenção do cancro colo-retal

O cancro colo-retal é o terceiro a matar em todo o mundo e a segunda forma de cancro mais frequente em Portugal; a terceira forma mais comum de cancro nos homens e a segunda mais comum nas mulheres.

Segundo a Cancer Research UK, em 2008, Portugal estava em 6º lugar entre os países com maior taxa de mortalidade por cancro do colon.

O cancro não é uma doença contagiosa. Existem fatores de risco que podem ser evitados. Uma alimentação excessiva em gorduras e pobre em cálcio, em folatos e fibras, o tabagismo, o alcoolismo, o sedentarismo contribuem para aumentar o risco de ter cancro colo-retal.

Mantenha uma dieta saudável que inclua muitos alimentos ricos em fibras, em vitaminas e minerais. Não se esqueça da sopa, da salada e da fruta, e limite o consumo de alimentos ricos em gordura como a manteiga, os fritos, os enchidos e produtos de salsicharia, os pacotes de bolachas e outros snacks. Seja moderado com a carne vermelha (porco e vaca) e pratique uma atividade física que goste para manter um peso adequado.

Agora que sabe como deve fazer, comece hoje a lutar pela prevenção desta doença.

[fonte]Fontes de Informação: http://www.cancerresearchuk.org/cancer-info/cancerstats/types/bowel/riskfactors/; http://www.pop.eu.com/portal/publico-geral/tipos-de-cancro/cancro-colo-rectal/
Imagem: adaptada de http://ccalliance.org/march/[/fonte]

A surdez neurossensorial é uma sequela comum das infeções do grupo TORCH. Há medidas de prevenção e reabilitação precoces a tomar.
Cada um de nós, de forma individual, pode reduzir o risco do cancro do cólon. Prepare-se para começar gradualmente a ser mais ativo!
A síndrome de Cogan é uma doença autoimune rara. A avaliação e o tratamento precoces revelam-se fundamentais no controlo de sintomas.
Cada um de nós, de forma individual, pode reduzir o risco da incidência de cancro do fígado. Tome nota de 3 medidas!