Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade 2019

Assinala-se no próximo dia 18 de maio o Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade. Este dia, tem como objetivo sensibilizar para a problemática da obesidade e das sua implicações na saúde.

Os resultados do 1º Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF 2015) mostraram que os números da obesidade em Portugal se mantêm elevados: 38,9% da população portuguesa entre os 25 e os 74 anos tem excesso de peso e 28,7% apresenta um índice de massa corporal de obesidade (>= 30 kg/m2).

Quando avaliada a população infantil portuguesa, os números mantêm-se elevados. Num estudo publicado em dezembro de 2018, que avaliou a prevalência e incidência da obesidade e do excesso de peso em crianças entre os 4 e os 10 anos, verificou-se que a prevalência do excesso de peso aos 4 e 7 anos era de 22% e aos 10 anos de 26%. Por outro lado, aos 4 anos 10,6% da população estudada era obesa, aumentando a percentagem para 15,5% e 16,8% aos 7 e 10 anos respetivamente.

Sendo conhecida a associação entre a obesidade e o desenvolvimento de diversas doençasobesidade,  crónicas não transmissíveis, entre as quais se incluem alguns tipos de cancro, é importante que se adotem medidas para redução da sua prevalência na população portuguesa.

A estratégia para Portugal delineada no Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável da Direção-Geral da Saúde (PNPAS) refere 3 elementos chave para a eficácia das intervenções direcionadas para a perda e controlo do peso:

  1. promoção de padrões alimentares estáveis com balanço nutricional e energético adequado às necessidades individuais de cada pessoa
  2. prática de atividade física regular
  3. promoção da motivação autónoma na aquisição dos novos hábitos.

Para assegurar a adequação dos seus novos hábitos alimentares à sua realidade clínica e estilo de vida, garantindo que todas as suas necessidades nutricionais individuais são asseguradas, torna-se fundamental o acompanhamento de um nutricionista.

Referências: Gaio V, et al.Prevalência de excesso de peso e de obesidade em Portugal: resultados do primeiro Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF 2015).Boletim Epidemiológico, Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.Freitas AI et al. Time trends in prevalence and incidence rates of childhood overweight and obesity in Portugal: Generation XXI birth cohort. Int J Obes (Lond). 2019 Feb;43(2):424-427. PNPAS, Perda e Manutenção de Peso.Maio 2018. Créditos das imagens: Mohamed Hassan e de Tumisu por Pixabay

Inês Correia

Inês Almada Correia, nutricionista, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas 3684N, pós- graduada em Nutrição em Oncologia pela Universidade Católica Portuguesa. Tem colaborado com a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) em atividades, tais como workshops sobre alimentação direc (...)