Terapia combinada: unir para reinar!

A terapia combinada, que visa a utilização simultânea de duas ou mais terapias, tem sido largamente utilizada no tratamento de diversas patologias, das quais o cancro é um exemplo. A esta abordagem terapêutica, também denominada por politerapia, está associada a combinação de dois ou mais fármacos. Por outro lado, também à associação de duas ou mais modalidades terapêuticas, como é o caso da associação entre a radioterapia e a quimioterapia, pode ser denominada por terapia combinada.

A combinação de fármacos atinge simultaneamente múltiplos alvos celulares

Tendo em conta a ineficácia de alguns fármacos utilizados em monoterapia para o tratamento de determinados tipos de cancro, inúmeras equipas médicas e científicas têm vindo a trabalhar em diversas estratégias que visem a utilização simultânea de dois ou mais fármacos, procurando encontrar efeitos sinérgicos, aditivos ou potenciadores da sua ação.

A combinação de fármacos no tratamento do cancro parece ser um procedimento lógico. Desta forma, e tendo por base diferentes vias de atuação no corpo humano, espera-se que os fármacos possam simultaneamente atingir vários alvos celulares, combatendo assim a mesma doença através de mecanismos diferentes e potenciado o resultado terapêutico.

Quimioterapia e radioterapia em simultâneo: porquê?

A radioterapia, tal como a cirurgia, é utilizada com o objetivo de tratar tumores localizados. Por outro lado, a quimioterapia tem como alvo as células cancerígenas circulantes.

Até agora tem-se verificado que a combinação da quimioterapia com a radioterapia tem sido capaz de tratar com sucesso o cancro do reto, mostrando ser também bastante eficaz no tratamento do cancro da cabeça e do pescoço (que são ainda vulgarmente alvo de cirurgia). Por outro lado, a combinação da quimioterapia com a cirurgia tem-se revelado bastante útil no tratamento do cancro da mama, da bexiga, do cólon e do ovário.

A terapia combinada acarreta inúmeros benefícios

A utilização da terapia combinada tem revelado um enorme potencial clínico, permitindo reduzir as doses e/ou concentrações utilizadas, diminuindo consequentemente a toxicidade e os efeitos adversos induzidos no doente e potenciado a ação terapêutica. Por este motivo, o uso da terapia combinada é já comumente utilizado em vários tipos de cancro, aumentando assim a probabilidade de cura e a qualidade de vida do doente.

 

Este artigo foi escrito em colaboração com o João Encarnação, licenciado em Bioquímica e Mestre em Biotecnologia Farmacêutica pela Universidade de Coimbra. Atualmente, é aluno de Doutoramento no Departamento de Imunologia, Genética e Patologia da Universidade de Uppsala e membro da equipa da Ridgeview Instruments AB.

Referências:BRAS–GONÇALVES, R. A. et al. – Synergistic efficacy of 3n-butyrate and 5-fluorouracil in human colorectal cancer xenografts via modulation of DNA synthesis. Gastroenterology. 120, 4 (2001), 874–888.; STIBOROVÁ, M. et al. – The synergistic effects of DNA-targeted chemotherapeutics and histone deacetylase inhibitors as therapeutic strategies for cancer treatment. Current medicinal chemistry. 19, 25 (2012) 4218–38.ENCARNAÇÃO, J. – O butirato e o irinotecano: a sinergia na terapêutica do cancro do cólon. Tese de Mestrado, Universidade de Coimbra (2014).

Ana Catarina Mamede, natural de Peniche, é Doutorada em Biomedicina pela Universidade da Beira Interior. É membro da equipa de investigação da Unidade de Biofísica e do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Autora de vários artigos científicos, livros e apresentações. Os seus atuais interesses de investigação são no domínio da comunicação de ciência, particularmente na área da saúde. Fundadora e CEO da Research Trial (www.research-trial.com), uma agência de Comunicação de Ciência. Usa o novo acordo ortográfico. Ana Catarina Mamede, from Peniche, completed the PhD in Biomedicine at the University of Beira Interior. She is member of the research team of the Biophysics Unit and the Center of Investigation in Environment, Genetics and Oncobiology of the Faculty of Medicine of the University of Coimbra. Author of several scientific articles, books and presentations. Her current research interests are in the field of science communication, particularly in health. Founder and CEO of Research Trial (www.research-trial.com), a Science Communication agency.