O relaxamento

O relaxamento numa aula de yoga é um dos momentos mais importantes e mais difíceis de executar, quando se inicia a sua prática.

Antes de qualquer exercício físico ou mental, aprender a observar a tensão muscular e saber libertar essas mesmas tensões deve ser o primeiro passo.

O relaxamento permite aprender a controlar sintomas, como o stress e a ansiedade.

O relaxamento pratica-se em duas alturas distintas da aula. A primeira realiza-se logo no início, para aliviar as tais tensões físicas e psicológicas acumuladas no dia-a-dia, mas também, para que a mente se concentre na atividade que vai desempenhar a seguir. A segunda deverá ser no final da prática de yoga.

Para dar início ao processo de relaxamento é necessário começar com a postura de Savasana: corpo apoiado no chão, com os braços ligeiramente afastados do corpo, com as palmas das mãos voltadas para cima e as pernas ligeiramente afastadas.

O relaxamento perfeito deve ser conseguido a três níveis: nível físico, mental e espiritual.

Uma das maneiras de conseguir relaxar fisicamente é enviar mensagens através da mente para todo o corpo. Por cada movimento existe um pensamento, para haver relaxamento também tem de haver um pensamento, que induza o corpo. Sentir a ligação entre mente e corpo é fundamental, para relaxar. Começar por uma zona específica do corpo e percorrer o corpo todo, enviando mensagens de relaxamento.

O relaxamento mental consegue-se por exemplo, ao centrar a mente no processo da respiração. Sentindo a tranquilidade da respiração a mente também se acalma.

O relaxamento espiritual obtém-se quando a mente consegue deixar de se identificar com as emoções e com as preocupações. Trata-se de um estado mental em que o praticante de yoga não se identifica com nada que o rodeia, nem com qualquer pensamento ou emoção.

Estes três tipos de relaxamento são interdependentes e atuam uns sobre os outros. Ao relaxar o corpo através da autossugestão, a mente também se acalma, dando-se início à cessação das ondas mentais e contribuindo para que a mente deixe de se identificar com a realidade circundante.

O relaxamento deve ser sempre guiado e acompanhado por alguém devidamente acreditado para o fazer. Só alguém exterior a nós pode compreender qual o ritmo a incrementar no relaxamento, quais as frases chave que permitem o relaxamento e qual a melhor forma de relaxar.

Referencias: Manual Curso de Professores de Hatha Yoga Ed. Vidya-Academia de Yoga do Porto, 2010. “El libro del yoga”, Swami Visnhu Devananda, Alianza Editorial, S. A., 2001
Fonte da Imagem: http://yogapositions.co.in/savasana.html

Alexandra Pereira, professora de yoga através da AIPYS-Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda, Espanha 2000. Licenciada em Filosofia (FLUP 1988). Mestrado em Filosofia: “A filosofia do yoga: da prática a uma filosofia de vida” ( FLUP 2019) Exerce a sua actividade profissional de professora de yoga em Vidya-Academia de Yoga do Porto (Desde 2001). Dirigiu e ministrou cursos de Formação: "Curso de Professores de Yoga" (desde 2010 a 2016) e "Curso de Monitor de Yoga para técnico de SPA" (2013). Os seus atuais interesses de investigação, relacionam-se com as doenças autoimunes e cancro, e no contributo que a prática de yoga oferece para melhorar a condição física, mental e psicológica do praticante. Curso de especialização ("Yoga for Cancer Survivors" 2013). Alexandra Pereira, yoga teacher through the AIPYS-Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda, Spain 2000. Specialization course ("Yoga for Cancer Survivors" 2013). Licenciate in Philosophy (FLUP 1988). Master Philosophy: “The Philosophy of Yoga: From Practice to a Philosophy of Life” (FLUP 2019) Professional activity: yoga teacher at Vidya-Academia de Yoga do Porto (since 2001). Direted and teached training Courses: "Yoga Teacher Course" (from 2010 to 2016) and "Yoga Monitor Course for SPA Technician" (2013). My current research, is relate to autoimmune diseases and cancer, and the contribution that the practice of yoga offers to improve physical, mental and psychological well-being in student.