Bravo de Esmolfe

Maçã Bravo de EsmolfeA maçã é um fruto cada vez mais conceituado, no que diz respeito à filosofia da promoção da saúde através da nutrição. As propriedades benéficas da maçã estão demonstradas em estudos científicos de diferentes áreas da medicina: no controlo do peso, na diabetes, na saúde cardiovascular, na melhoria das funções respiratória e da memória e, claro, na protecção contra o cancro.

É a combinação dos nutrientes da maçã, a vitamina C, o ácido málico, a fibra e a pectina, em conjunto com diferentes fitoquímicos, que fornece diversos efeitos protectores. Em estudos laboratoriais, o teor de fitoquímicos varia entre as diferentes espécies de maçãs, estando em maioria os flavonóides, com uma concentração média de quercetina na ordem dos 13,2 mg, a procianidina B com 9,35 mg, o ácido clorogênico com 9,02 mg e a epicatequina com 8,65 mg, por 100 gramas de fruta. A pele da maçã tem um contributo muito significativo destes compostos, comparativamente com a sua polpa.

Mas o tempo de armazenagem no frio pode afectar a actividade biológica e reduzir os efeitos anticancerígenos dos fitoquímicos presentes. Por isso, as maçãs de origem nacional têm vantagens sobre este aspecto.

No mundo inteiro contam-se pelo menos 7500 espécies de maçãs de diferentes regiões, em climas temperados e subtropicais.

Bravo de Esmolfe é uma maçã portuguesa, originária de, e já se está mesmo a ver, da aldeia de Esmolfe em Penalva do Castelo, Beira Alta.

Além de ser portuguesa, o que tem esta maçã de tão especial?

Um estudo português confirmou a presença de compostos fenólicos na maçã Bravo de Esmolfe e caracterizou o seu perfil fitoquímico. É um trio de flavonóides: catequina, epicatequina e procianidina.

Diversos estudos têm evidenciado os efeitos benéficos destes flavonóides no controlo das múltiplas vias do desenvolvimento do cancro como a bioactivação carcinogénica, sinalização celular, regulação do ciclo celular, angiogénese, stress oxidativo, inflamação, podendo, assim, reduzir o risco de cancro da mama, do estômago e do pulmão.

Como são portuguesas, das Beiras, as maçãs Bravo de Esmolfe não demoram muito a chegar a qualquer mercado de frescos e não precisam de processos de armazenamento longos. Podem assim ser consumidas quase que como acabadas de colher.

Agora é da sua conta: uma maçã por dia não pode faltar! E, se não for ao lanche, não se esqueça, é ao jantar.

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional nº 0052N. Investigadora na Fundação para a Ciência e Tecnologia (2011-2015). Membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança – CIEC. Desenvolve a sua atividade na Investigação e na área da Nutrição Clínica. É autora e coordenadora de projectos de prevenção primária na área da saúde, bem como na organização e dinamização de seminários sobre hábitos alimentares saudáveis, predominantemente em ambiente escolar. Os seus atuais interesses de investigação, são no domínio da promoção e da comunicação para a saúde, na prevenção do cancro e de outras doenças crónicas. Responsável pela conceção e coordenação de campanhas para a prevenção do cancro. Trabalhou no Marketing Farmacêutico e especializou-se em Gestão e Comunicação da Marca (IPAM – 2003). Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal, adotar um estilo de vida saudável. Usa o novo acordo ortográfico. Margarida Vieira, nutritionist, is PhD in Child Studies of the University of Minho. Member collaborator of the Research Centre for Child Studies - CIEC. 
She is author and coordinator of projects for primary prevention in health care as well as in the organization and promotion of workshops on healthy eating habits in the schools. Her current research interests are cancer prevention and other chronic diseases and health communication.
 Responsible for the design and coordination of the awareness of campaigns for the prevention of cancer. Worked in Pharmaceutical Marketing and specializes in Brand Management and Communication. Author and Founder of Stop Cancer Portugal Project.