Guarde o que é precioso e liberte-se do que não lhe faz falta!

Por norma temos tendência a nos apegarmos a tudo o que consideramos agradável ou que nos satisfaz alguma necessidade e a rejeitarmos tudo o que nos parece desagradável ou nos causa sofrimento e é quase inevitável que assim seja pois é-nos muito difícil integrar tudo o que são polos opostos e conseguir uma síntese.

Ver mais