exercício físico

Doente oncológico: precauções para uma atividade física segura

Doente oncológico: precauções para uma atividade física segura

A prática de atividade física durante o tratamento oncológico é segura e traz benefícios.
Ajuda a manter ou a melhorar a capacidade física, melhora o equilíbrio contribuindo para diminuir o risco de quedas e de fraturas, diminui a fadiga, as náuseas, o risco de doença cardíaca, de osteoporose e de ansiedade e depressão, facilita a circulação sanguínea, diminui a dependência de terceiros, melhora a autoestima, ajuda no controlo do peso e melhora a qualidade de vida.

Nos dias azuis, todos lá para fora!

Nos dias azuis, todos lá para fora!

A TV pode ser muito boa companheira, mas também pode atrapalhar a vida de uma família inteira. Não é novidade! Os cientistas defendem que, pelo menos, 25% de alguns tipos de cancro – incluindo o cancro do cólon, da mama pós-menopausa, do pâncreas, do rim e do esófago – são despoletados pela obesidade e pela inatividade física.

Chegou o frio

Chegam os dias de outono e o frio já se faz sentir na pele! A mudança traz sempre consigo momentos de balanço e de reflexão. Nestas alturas não há como partir em busca do nosso tempo, do nosso bem-estar. A sugestão de hoje conduz-nos por um destes espaços de meditação… caminhando ao longo do paredão(…)

Não deixe a sua saúde pendurada!

A proposta que vos trago é de reflexão com base no resumo de quatro estudos referenciados no jornal electrónico New Scientist, na secção de saúde, e que considerei interessantes na medida em que nos falam de coisas simples, evidentes ao olhar e que se encontram provadas por estudos científicos. Quantos de nós não ouvimos já(…)

Pistas para se manter ativo

Hoje dei por mim feliz. A tarde do dia anterior fora passada na praia. Com vento é certo mas tranquila, educacional e de alguma catarse! Tranquila pois o espaço era imenso e o barulho de terceiros inofensivo. Educacional porque assistimos à “chegada do peixe” e presenciámos todo o ritual inerente. De catarse porque me senti(…)