Como é que o café e o álcool afetam a qualidade do sono?

O café e o álcool afetam o sono? Sim, estas bebidas podem afetar a quantidade e a qualidade do nosso sono.

Pensar que o café desperta e o álcool ajuda a dormir é apenas uma ideia simplista, não é o que na realidade acontece.

Se beber uma chávena de café às duas da tarde, é perfeitamente possível ainda haver cerca de ¼ da cafeína existente nesse café a circular no cérebro à meia-noite. Por isso, pode ser mais difícil adormecer ou ainda isso contribuir para diminuir o tempo do sono profundo.

Já o álcool é, por vezes, conotado como um auxiliar do sono e, neste aspeto, o seu papel é mal compreendido. A ação sedativa do álcool, não só não ajuda a dormir como fragmenta o sono.

O neurocientista Matt Walker explica num pequeno vídeo educativo, os efeitos da cafeína e do álcool na qualidade do sono, para que possa ter informação suficiente para alcançar um consumo equilibrado de café e de bebidas alcoólicas, mas sem deixar de dar prioridade à saúde e à qualidade do seu sono.

Matt Walker é professor de neurociência e psicologia na Universidade da California, em Berkeley, e diretor do Center for Human Sleep Science. A sua investigação tem como objetivo examinar o impacto do sono na saúde e nas doenças.

Assista agora ao vídeo disponibilizado pelo canal TED.

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional nº 0052N. Investigadora na Fundação para a Ciência e Tecnologia (2011-2015). Membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança – CIEC. Desenvolve a sua atividade na Investigação e na área da Nutrição Clínica. É autora e coordenadora de projectos de prevenção primária na área da saúde, bem como na organização e dinamização de seminários sobre hábitos alimentares saudáveis, predominantemente em ambiente escolar. Os seus atuais interesses de investigação, são no domínio da promoção e da comunicação para a saúde, na prevenção do cancro e de outras doenças crónicas. Responsável pela conceção e coordenação de campanhas para a prevenção do cancro. Trabalhou no Marketing Farmacêutico e especializou-se em Gestão e Comunicação da Marca (IPAM – 2003). Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal, adotar um estilo de vida saudável. Usa o novo acordo ortográfico. Margarida Vieira, nutritionist, is PhD in Child Studies of the University of Minho. Member collaborator of the Research Centre for Child Studies - CIEC. 
She is author and coordinator of projects for primary prevention in health care as well as in the organization and promotion of workshops on healthy eating habits in the schools. Her current research interests are cancer prevention and other chronic diseases and health communication.
 Responsible for the design and coordination of the awareness of campaigns for the prevention of cancer. Worked in Pharmaceutical Marketing and specializes in Brand Management and Communication. Author and Founder of Stop Cancer Portugal Project.