Princípios básicos para relaxar na aula de yoga

Há alguns princípios básicos a seguir para relaxar convenientemente na aula de yoga.

O relaxamento é um dos momentos que constituem as aulas de yoga. A aula é composta por dois tipos de relaxamento: no início da aula, como forma de centrar a mente na atividade que se vai desenvolver, permitindo ao corpo e à mente de entrar num registo de maior consciência da sessão de yoga que vai iniciar. No final da aula,  é um processo de relaxar o corpo, depois do esforço a que esteve submetido durante a aula, para que o praticante perceba a forma como ao abrigo de uma atitude consciente possa sentir o domínio que tem sobre a mente, a respiração e o corpo.

O relaxamento inicial é breve. O fim a que se destina não é proporcionar um relaxamento completo, mas apenas permitir ao aluno perceber que agora se deve concentrar na aula, e nas solicitações que surgem. Quando se pede ao praticante para relaxar diversas partes do corpo, na realidade está-se a pedir que perceba se o corpo está em regime de alerta e entender qual o processo que o pode levar a entrar num processo de menor agitação física, sobretudo mental. A agitação mental impede a manutenção do corpo imóvel. A tomada de consciência de uma qualquer atividade física durante o relaxamento significa que a mente não se acalmou, devendo-se através da consciência do momento, relaxar as partes do corpo que se considerar tensas.

O relaxamento final é mais efetivo e de maior duração. O seu objetivo é proporcionar ao praticante de yoga um relaxamento não apenas físico, fruto da atividade física que até aí ocorreu, mas é um momento de consciência da respiração, do modo como se acalma e como influi o acalmar da mente e do corpo; perceber de forma consciente como a mente influência o acalmar da respiração e como esta influi no relaxamento físico, o que é fundamental para o equilíbrio psicológico do praticante. Desta pequena experiência fica percetível que o domínio sobre aquilo que se pensa depende da capacidade de concentração e de objetividade sobre os pensamentos. Acalmar a mente passa pelo processo de saber que os pensamentos, angústias, dúvidas são fruto do valor que se atribui aos acontecimentos da vida. Saber escutar o corpo e a mente com equanimidade é a chave para um relaxamento efetivo.

Qualquer desconforto físico ou mental que sinta durante a prática do relaxamento deve ser verbalizado com o professor de yoga, para juntos perceberem como o relaxamento pode ser cada dia mais eficaz.

Alexandra Pereira

Alexandra Pereira é professora de yoga certificada pela Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda (AIPYS), Espanha 2000. Licenciada em Filosofia (FLUP 1988) tem o Curso de osteopatia do Instituo Biomédico Hygea de Espanha (2005). Exerce a sua atividade profissional como professora (...)