Eu sou e eu vou: passe à ação no Dia Mundial do Cancro 2019

É dia 4 de Fevereiro, é o Dia Mundial do Cancro 2019. É um dia para sensibilizar, informar e falar sobre o cancro.

O tema deste ano é “Eu sou e eu vou”. O ano 2019 é o primeiro de 3 anos de campanha com este tema. O objetivo é alertar para: cada um de nós tem poder de diminuir o impacto do cancro, quer seja na nossa vida individualmente ou na vida dos nosso familiares e amigos e até no Mundo.

Seja um agente de mudança. Todos podemos agir já, sem esquecer que nesta como em muitas outras situações, é na consistência que reside o segredos dos melhores resultados.

Eu sou e eu vou,

Alguns pontos importantes a relembrar:

1. A deteção precoce do cancro é fundamental para o maior sucesso dos tratamentos. Participe nos rastreios obrigatórios e consulte o seu médico sempre que detetar alguma alteração no seu corpo. 

2. Não deixe que o receio de um possível diagnóstico o impeça de consultar o profissional de saúde mais adequado.

3. Mantenha-se informado e utilize fontes de informação credíveis.

4. Lembre-se que cerca de 1/3 de todos os cancros seriam preveníveis com alterações de estilos de vidaAlguns exemplos práticos: manter uma atividade física regular e uma alimentação equilibrada, não fumar, manter um peso saudável, reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas, utilizar proteção solar.

5. As escolas têm um papel educativo muito relevante na promoção de hábitos de vida saudáveis.

6. O envolvimentos das instituições governamentais é fundamental para o sucesso de qualquer estratégia de prevenção que pretenda ter resultados a longo prazo.

Assista agora ao video preparado para divulgar no Dia Mundial do Cancro em 2019.

Divulgue esta mensagem através das redes sociais e junte-se ao movimento #IAmAndIWill #WorldCancerDay.

Fonte de Informação:União Internacional para o Controle do Cancro (UICC); Créditos das imagens: worldcancerday.org

Inês Correia

Inês Almada Correia, nutricionista, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas 3684N, pós- graduada em Nutrição em Oncologia pela Universidade Católica Portuguesa. Tem colaborado com a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) em atividades, tais como workshops sobre alimentação direc (...)