Erva-cidreira: um bom chá para hidratar depois das festas

Em época de cheiros e sabores intensos, com refeições ricas em especiarias, é inevitável hidratar o corpo e a alma. Um chá de erva-cidreira pode ser uma boa opção para o fim da festa.

A erva cidreira é uma planta bastante aromática com um ligeiro sabor a limão e pode ser a nova aquisição da sua mini-horta.

Melissa, Anafa, Coroa-de-rei, Citronela-menor são também nomes para a erva-cidreira e cientificamente identificada por Melissa officinalis L., da família Lamiaceae.

A cidreira é uma herbácea perene, quer dizer que é uma planta que consegue viver por mais de dois ciclos sazonais sem queda de folhas. Pode atingir um metro de altura. Tem folhas verde-escuras na parte superior e mais claras na parte inferior, pecioladas, ovais e com nervuras salientes. As suas flores são brancas ou róseas. Tem um caule macio e facilmente maleável para ser cortado à mão, sem grande dificuldade.

Na sua constituição bioquímica encontram-se alguns compostos fenólicos como o ácido cafeico, o ácido rosmanirico e o ácido litospermático A, os responsáveis pela atividade antibacteriana, antioxidante e anticancerígena que a erva-cidreira apresenta.

Anote como plantar erva-cidreira para a ter um vaso ou na horta caseira:

  1. Instale por sementeira direta: adquira as sementes em qualquer loja agrícola ou faça mesmo uma compra online
  2. Coloque as sementes a uma profundidade de 6 mm, a uma distância de 30 a 40 cm entre plantas e 70 a 80 cm entre linhas. Num metro quadrado de terra pode colocar 3 sementes e uma por vaso.
  3. A planta necessita de um solo bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica. Embora seja uma planta pouco sensível a geadas, em dias mais frios deve recorrer às técnicas de proteção das plantas, que pode consultar aqui. Regue a planta diariamente, quando se justificar, isto porque a planta necessita de água moderadamente.
  1. A parte da planta que se utiliza são as folhas, estas devem ser colhidas entre os 90 a 120 dias após o plantio e antes da floração.

Neste tempo frio, a erva-cidreira faz um excelente chá, mas também pode servir para condimentar, pelo seu sabor agradável a limão. Assim pode polvilhar saladas, alguns peixes, certas carnes brancas, ou mesmo adicioná-la a sobremesas ou sumos. Vai experimentar?

Boas festas!

Referências: Clevely Andy, Katherine Richmond. Manual completo de Plantas e Ervas Medicinais. Lisboa: Editorial Estampa; Carocho, M. et al. Melissa officinalis L. decoctions as functional beverages: a bioactive approach and chemical characterization. Food Funct., 2015, 6, 2240. Ehsani, A. et al. Phytochemical, antioxidant and antibacterial properties of Melissa officinalis and Dracocephalum moldavica essential oils. Vet Res Forum. 2017 Summer; 8(3): 223–229.Published online 2017 Sep 15

Catarina Santos

Catarina Santos, natural de Alpedrinha (Fundão), licenciada em Nutrição Humana e Qualidade Alimentar (ESACB-2012), atualmente, frequenta a licenciatura de Dietética na Escola Superior de Saúde de Leiria. Interessa-se pela área das Tecnologias de Produção Animal e Vegetal e pela Nutrição ma (...)