No Dia Mundial do Dador de Sangue, o que pode fazer? Dê sangue agora.

Share on Facebook12Share on Google+0Tweet about this on Twitter

O dia 14 de junho é o Dia Mundial do Dador de Sangue. A campanha deste ano, concentra-se na doação de sangue em emergências. “O que pode fazer? Dar Sangue. Dê sangue agora. Dê com frequência.”

Os objetivos deste dia passam por aumentar a consciencialização sobre a necessidade de sangue e de produtos sanguíneos seguros. Ao mesmo tempo, pretende-se homenagear e agradecer a todos os dadores que ajudam a salvar vidas diariamente.

O sangue é um recurso importante em todos os tratamentos agendados e intervenções urgentes. Pode aumentar a esperança e a qualidade de vida de doentes com doenças fatais que necessitam de realizar procedimentos médicos e cirúrgicos complexos. O sangue é também essencial para tratar os feridos durante emergências de todos os tipos: desastres naturais, acidentes e desempenha um papel essencial na atenção materna e perinatal.

Todos os anos, milhões de pessoas colocam em risco as suas vidas em situações de emergência. Na última década, os desastres causaram mais de 1 milhão de mortes, enquanto as pessoas em emergências excedem anualmente os 250 milhões.

Diante de uma situação de crise ou emergência, todos nós vamos perguntar: o que posso fazer? Como posso ajudar?
“Dê sangue. Doe agora. Dê com frequência.”

Cada um de nós, só com um pouco de sangue pode ajudar alguém numa situação de emergência. É importante ser dador de sangue e doar sangue regularmente, para existirem reservas suficientes antes de surgir a necessidade.

Quais são os requisitos para ser dador sangue?

  • Ter entre 18 e 60 anos
  • Peso superior a 50 kg
  • Boas condições de saúde
  • Os homens devem fazê-lo com um intervalo de 60 dias até doarem novamente e as mulheres em 90 dias
  • As mulheres não podem estar grávida nem amamentando
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas antes da doação
  • Estar alimentado, mas evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação
  • Apresentar documento original com foto recente, para identificação do candidato, emitido por órgão oficial.

Fontes da informação: http://www.who.int/campaigns/world-blood-donor-day/2017/en/;Serviço Nacional de Saúde 

Sofia Costa

Sobre Sofia Costa

Sofia Costa é licenciada em Nutrição Humana e Qualidade Alimentar da Escola Superior Agrária de Castelo Branco. No futuro, gostaria de integrar um projeto que ajudasse a combater a fome no Mundo. Colabora ativamente no Stop Cancer Portugal desde abril de 2014.