Camomila para um chá relaxante e doce

Share on Facebook40Share on Google+1Tweet about this on Twitter

Todos nós gostamos de ter flores no jardim. Mas, e se além disso, pudéssemos usufruir das flores e depois com elas fazer chá? A camomila dá flores pequenas e brancas e uma das suas principais características é o aroma intenso e doce.

A camomila vulgar é uma planta cientificamente conhecida como Matricaria recudita e pertence à família Asteraceae. É uma planta de pequeno porte, que pode atingir 25 a 50 cm de altura, com caules ramificados, eretos e lisos, folhas bem recortadas e flores brancas. É, portanto, uma planta ideal para cultivar em casa, para uso caseiro.

Cheia de propriedades terapêuticas: anti-inflamatória, bactericida, relaxante, antidiabética, rica em antioxidantes, pode contribuir para a cicatrização de feridas. Pode destacar-se ainda as sua propriedades antiplaquetárias e anticancerígenas. Para sustentar estas propriedades, a camomila tem na sua composição química: apigenina, ácido cafeico, ácido clorogénico, luteolina, terpeno bisabolol ferneseno, flavonóides, quercetina, luteolina e cumarina.

Experimente cultivar a camomila no seu metro quadrado ou use um vaso. Aponte cinco passos simples para ter as flores de camomila e os seus benefícios:

  1. Instale por sementeira direta: adquira as sementes em qualquer loja de produtos agrícolas, ou faça mesmo uma compra online.
  2. Coloque as sementes a uma profundidade de 0,5 cm, ou pressione-as levemente na terra, a uma distância de 30 cm entre plantas. Para um metro quadrado pode colocar 6 sementes. Para cultivar em vaso, apenas duas.
  3. A planta necessita de um solo bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica, contudo é uma planta que se adapta a qualquer tipo de solo, desde que esteja minimamente preparado. Em dias mais frios deve recorrer às técnicas de proteção das plantas, faladas aqui.
  4. A rega deve ser feita diariamente, uma vez que a planta gosta de ter solo húmido, mas não encharcado.
  5. As flores devem ser colhidas no momento em que as inflorescências abrirem completamente, geralmente 3 a 4 meses após a sementeira. As flores devem ser secas (em local seco e bem ventilado), livres de caule, e só depois armazenadas.

A parte utilizável da camomila são as flores. Com elas faz-se um delicioso chá relaxante e doce. No uso cosmético, para além de ser componente de diversas loções e pomadas, é vulgarmente utilizada para clareamento do cabelo. Todas as suas propriedades podem estar numa infusão, em cada gole de chá.

Referências: Clevely Andy, Katherine Richmond. Manual completo de Plantas e Ervas Medicinais. Lisboa: Editorial Estampa; Sepide Mirajei, Samira Alesaeidi. A systematic review study of therapeutic effects of Matricaria recuitta chamomile (chamomile). Electron Physician. 2016 Sep; 8(9): 3024–3031. Published online 2016 Sep 20. doi:  10.19082/3024.
Catarina Santos

Sobre Catarina Santos

Catarina Santos é licenciada em Dietética pela Escola Superior de Saúde de Leiria. Interessa-se pela área das Tecnologias de Produção Animal e Vegetal e pela Nutrição.