Qual é o melhor mês para nascer?

Share on Facebook9Share on Google+0Tweet about this on Twitter
Mês de nascimento

Clique na figura para aumentar

Qual é o melhor mês para nascer?
Estudos anteriores revelaram uma relação entre o mês de nascimento e o risco de desenvolver algumas doenças, em particular, aterosclerose, asma, hiperactividade, deficit de atenção, miopia, no entanto deixaram muitas doenças completamente inexploradas.

Mary Boland e a sua equipa de investigação da Universidade de Columbia realizaram nesse seguimento um estudo retrospectivo que incluiu 1 749 400 indivíduos, nascidos entre o ano de 1900 e 2000, com registos clínicos no New York-Presbyterian/Columbia University Medical Center. Através de um modelo computacional de regressão tentaram perceber a relação entre o mês de nascimento e 1688 doenças.

O resultado desta análise mostrou que 55 doenças estavam significativamente relacionadas com a época do ano em que os indivíduos nasceram. Estes resultados confirmaram 39 doenças relacionadas com a época de nascimento previamente documentadas na literatura científica, para além de 16 novas associações que incluem 9 tipos de doença cardíaca, a causa mais frequente de morte nos países desenvolvidos. Indivíduos nascidos em março tiveram maior risco de fibrilação auricular, doença coronária e alteração na válvula mitral.

De uma forma geral, bebés nascidos no mês de maio terão um risco de doença mais baixo, enquanto que nascidos em outubro terão um risco de doença maior. De acordo com estes resultados, o risco de desenvolver asma é maior em bebés nascidos em julho e outubro. Em 1983 um estudo relacionava um subtipo de asma com o mês de nascimento. Em meses onde pode haver maior concentração de ácaros em casa, existe 40% mais de risco de complicações de alergias e asma por concentração de ácaros nas poeiras. Sabe-se que a probabilidade de sofrer de alergias em idade adulta está aumentada quando há sensibilização em idade infantil.

Já em estudos anteriores realizados na população dinamarquesa, outros autores tinham confirmado que o risco mais elevado para a mesma doença seria no mesmo período, uma vez que os níveis de luz solar são semelhantes nos 2 países (Dinamarca e Nova Iorque) neste período do ano.

Também alguns transtornos neurológicos poderão estar relacionados com o mês de nascimento, pela variação sazonal de vitamina D e dos outputs tímicos.

No entanto, e apesar da forte relação descrita, os autores deixam a ressalva que, o risco de doença relacionado com o mês de nascimento é substancialmente menor quando comparado com a forte influência de outras variáveis, tais como os estilos de vida, a dieta e o exercício.

Referências: Boland MR, Shahn Z., Madigan D., et al. Birth Month Affects Lifetime Disease Risk: A Phenome-Wide Method. Oxford University Press, J Am Med Inform Assoc. 2015; 0:1–15. [online] Columbia University Medical Center, disponível em: http://newsroom.cumc.columbia.edu/blog/2015/06/08/data-scientists-find-connections-between-birth-month-and-health/.
Marisa Figueiredo

Sobre Marisa Figueiredo

Marisa Figueiredo é nutricionista e mestre em Nutrição Clínica, pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz. É doutoranda na Faculdade de Medicina de Lisboa no curso de Doenças Metabólicas e de Comportamento Alimentar. Dedica o seu trabalho à nutrição clínica, no adulto e na criança, com particular interesse pela alimentação e saúde infantil. A prevenção começa in útero.