Benefícios da prática do yoga nas crianças

Share on Facebook55Share on Google+0Tweet about this on Twitter

Parece haver alguns benefícios da prática do yoga nas crianças. O yoga, quanto praticado desde tenra idade, promove a autoestima, a consciência corporal, a performance física, sem nunca propor a competição. O yoga incrementa na criança sentimentos de partilha, cooperação e compaixão.

As crianças vivem hoje em dia, um mundo demasiado intenso, não só pela vida ocupada dos pais, mas também pela noção de competitividade, que começa nos primeiros anos de formação escolar, e na necessidade de manter várias atividades extra escolares, para melhorarem e incrementarem as suas capacidades intelectuais e cognitivas. Muitas vezes demasiado absorvidos por jogos de computador e pela necessidade de terem roupas e materiais escolares de marca. Também um enorme causador de stress nas crianças é a prática de desportos competitivos e a valorização que se faz, pela ocupação dos lugares de topo, na realização de provas. Não há a consciência como tudo isto produz stress à criança, a deprime e cria frustração e desilusão. O yoga consegue ajudar a controlar estas pressões e os estados de ansiedade e desanimo para enfrentar estas situações.

Quando a criança aprende técnicas de auto promoção do seu bem-estar, de realização interior, de autoconhecimento e de relaxamento, então ela consegue encarar a vida com mais facilidade e abertura de espírito.

Os benefícios físicos do yoga nas crianças, são iguais ao dos adultos. Promove a flexibilidade, a força, a coordenação, a consciência corporal e a capacidade de autocontrolo. Também podemos assistir a um aumento da capacidade de concentração, calma e relaxamento. A prática de yoga, inclui exercício físico, na forma de execução das asanas, mas também inclui atividades lúdicas, ajudando a que a criança se conecte mais intimamente com ela própria e com os outros.

Dependendo da faixa etária as aulas de yoga para crianças, integram música, o contar de histórias, jogos, e outras brincadeiras, de modo não só, a captar a atenção da criança, mas também para criar interação entre ela, as outras crianças e o professor. A ideia é criar um todo, que motive à participação física, emocional e intelectual.

O maior desafio que se coloca ao professor de yoga, é conseguir manter a criança atenta o tempo suficiente para que ela se aperceba dos benefícios do yoga. Como as posturas de yoga têm nome de animais, ou estão ligadas a elementos da natureza, é relativamente fácil que a criança queira imitar e participar em atividades que o façam identificar-se com estes elementos, quer através do som (imitando a “fala” dos animais), quer através da imitação, de animais e formas da natureza.

Quando a criança alonga como um cão, se equilibra como um flamingo, respira como um coelho e se mantém forte como uma árvore, está a fazer uma ligação entre o macrocosmo e o microcosmo, que é o seu corpo. A criança percebe a ligação entre o que o rodeia e aquilo que ele mesmo é, aprendendo desta forma a interdependência entre todos os elementos da natureza, sendo ele mesmo um desses elementos.

Referências: Manual do Curso de Professor de Yoga para Crianças, Ed. Vidya-Academia de yoga do Porto, 2016.; http://www.yogajournal.com/slideshow/6-yoga-poses-children/: Créditos da imagem:http://yoganaescola.blogspot.pt/

Alexandra Pereira

Sobre Alexandra Pereira

Alexandra Pereira é professora de yoga certificada pela Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda (AIPYS). Acredita que a prática de yoga pode oferecer uma melhoria da condição física, mental e psicológica do praticante.