Posturas invertidas do yoga: benefícios e contraindicações

Share on Facebook159Share on Google+0Tweet about this on Twitter

As posturas invertidas são consideradas posturas difíceis de praticar, no entanto são as que trazem mais vantagens ao praticante, depois de aprender a realizá-las.

A prática das posturas invertidas, permite melhorar a circulação sanguínea, o fortalecimento da estrutura muscular e esquelética e também a esfera emocional e psicológica, pois muitas vezes ajuda a ultrapassar medos e inseguranças criadas pela imaginação. B.K.S. Iyengar, mestre contemporâneo de um estilo de yoga denominado Iyengar Yoga, escreveu no seu livro “Light on Yoga”,  “a melhor maneira de superar o medo é encarar com equanimidade a situação da qual temos receio.”

No entanto, é mais importante uma prática segura e equilibrada da postura, que o tempo de permanência na mesma. Para aprender a prática correcta e segura das posturas invertidas, deve procurar um professor certificado.

A prática de Sirsasana deve ser realizada apenas quando se tem uma boa estrutura muscular, porque esta postura sendo sobretudo considerada uma postura de equilíbrio, exige um grande domínio sobre a capacidade de controlar a força muscular.

Se por um lado é preciso ter força muscular para se erguer e manter na postura, por outro lado é necessário saber utilizar a força, para manter o corpo erguido e não deixar que o peso recaía sobre a cabeça e antebraços.

Considera-se que se domina a prática desta postura, quando a força muscular é distribuída de modo a que a cabeça não pressione o chão, mas apenas se mantenha apoiada, para não sobrecarregar as vertebras cervicais.

Depois de praticar Sirsasana é importante estar durante algum tempo a relaxar na postura do embrião. Não deve levantar-se de imediato, porque poderá sentir tonturas e algum mau estar.

A prática das posturas invertidas deve acontecer sempre e só enquanto for confortável.

posturas-invertidas-yoga

Há algumas contraindicações da prática da postura Sirsasana. São elas:

  • alguma lesão nas costas
  • dor de cabeça
  • doenças do coração
  • tensão alta
  • menstruação
  • lesão no pescoço
  • pressão arterial baixa
  • gravidez: se tem experiência com essa postura, pode continuar a praticá-la sempre e quando se sentir confortável na postura. Se não tem experiência não pratique esta postura durante a gravidez.

Já os benefícios da prática de Sirsasana passam por:

  • acalmar o cérebro, por aliviar o stress e depressão leve
  • estimular as glândulas pineal e pituitária
  • fortalecer os braços, pernas e coluna vertebral
  • Fortalecer os pulmões
  • tonificar os músculos abdominais.

Referencias: Manual Curso de Professores de Hatha Yoga Ed. Vidya-Academia de Yoga do Porto, 2010. “El libro del yoga”, Swami Visnhu Devananda, Alianza Editorial, S. A., 2001; “Yoga y Medicina”, Dr. Timothy McCall, Paidotribo; 1º edição (January 1, 2009). Créditos das imagens:: http://www.buenkarma.net/media/photo-gallery-1/;http://aboutyoga.in/

 

Alexandra Pereira

Sobre Alexandra Pereira

Alexandra Pereira é professora de yoga certificada pela Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda (AIPYS). Acredita que a prática de yoga pode oferecer uma melhoria da condição física, mental e psicológica do praticante.