No Dia Mundial da Criança 2015, olhe com outros olhos

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter

Todas as crianças têm o direito de crescer com saúde de modo a alcançar um futuro de bem-estar, sem doenças!

Em Portugal, uma em cada três crianças tem excesso de peso, em idades compreendidas entre os 5 e os 10 anos. Os números não são animadores. Isso quer dizer que há muitas famílias com crianças com este problema por resolver.

Mas será que estas famílias têm perceção do que está a acontecer? Estes pais estão sensibilizados para o problema? Estão preparados para ajudar os seus filhos?

A revista americana Childhood Obesity publicou há dias um estudo, alertando para um facto de extrema importância: a maioria dos pais que tinham filhos obesos não reconhecia a situação e interpretava o peso do seu filho como estando “simplesmente com o peso certo”.

Geralmente, a perspetiva materna em relação ao peso dos filhos está orientada para o crescimento, esperando um aumento gradual do peso. Assim, as mães acreditam que o excesso de peso é uma condição transitória, que o tempo resolve.

Quando os pais têm uma perceção correta do peso da criança, estão mais aptos para compreender os riscos de saúde associados ao excesso de peso, bem como estão mais disponíveis para a mudança de comportamentos e a criação de novos hábitos que deverão acontecer.

Olhe com outros olhos para perceber, apoiar e prevenir a obesidade na sua família.

Referências: Duncan, D. T., Hansen, A. R., Wang, W., Yan, F., & Zhang, J. (2015). Change in Misperception of Child’s Body Weight among Parents of American Preschool Children. Childhood Obesity.
Créditos da imagem: http://images.medicaldaily.com/sites/medicaldaily.com/files/2015/05/07/normal-and-overweight-child.jpg

Margarida Vieira

Sobre Margarida Vieira

Margarida Vieira é nutricionista e doutorada em Estudos da Criança na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Os seus interesses de investigação estão centrados na promoção e comunicação para a saúde e na prevenção do cancro. Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal - adotar um estilo de vida saudável.