Dia Mundial sem Tabaco 2015: quero um lugar de ex-fumador!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter

Quando dizemos a nós próprios que não somos capazes de mudar, corremos um risco enorme de fechar portas à vida em lugar de as abrir.

O dia 31 de maio, o dia mundial sem tabaco, tem um propósito: desafiá-lo a ser ex-fumador! Ou então, conseguir que fique mais perto de se livrar de vez do tabaco.

Há cada vez mais fumadores que querem ser ex-fumadores! Mas ainda há fumadores que perante a hipótese de deixar de fumar, reagem, declinando qualquer ajuda e inventam razões baseadas na teoria da terceira pessoa “o meu avô viveu até aos 90 anos de idade e fumava 3 maços por dia” ou alegam motivos de preferência pessoal “ tenho que morrer de qualquer coisa, se não for o tabaco, morro de outra coisa qualquer”.

A frustração de não ser capaz de derrotar este mau hábito comportamental, de anos, instala este grupo de fumadores numa espécie de jaula difícil de fugir: um estado de inconsciência associado ao não saber por onde começar.

O primeiro passo para conquistar o seu lugar no grupo dos ex-fumadores é: tomar consciência de todos os riscos a que expõe a sua saúde com o fumo do tabaco.

Esta informação pode ajudá-lo a decidir:

  • O tabaco aumenta o risco de desenvolver muitos tipos de cancro: cancro do pulmão, cancro da boca (língua, laringe, lábios), cancro do esófago, do estômago, do pâncreas, da bexiga, da próstata, da mama, entre outros.
  • O fumo do tabaco é uma mistura tóxica de 5000 moléculas diferentes, em que pelo menos 60 estão comprovadamente identificadas como cancerígenas.
  • Nos fumadores, a mortalidade é 2 a 3 vezes maior em relação aos não fumadores.
  • Depois dos 35 anos, por cada ano que passa se continua a fumar, são menos três meses de vida.

O segundo passo, para iniciar o processo de mudança, é reunir 3 elementos fundamentais: motivação, apoio e ambiente adequado.

A consulta de cessação tabágica deverá proporcionar-lhe estes elementos através do aconselhamento e medicação, aumentando as suas hipóteses de ter sucesso e assumir de vez: sou um ex-fumador!

Pense a seu favor: prefere continuar a fumar ou respirar?

Procure pela consulta de cessação tabágica no seu centro de saúde. Consulte a lista da Direção- Geral da Saúde atualizada em agosto de 2013 do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo.

Guardamos um lugar para si no grupo dos que venceram o tabaco!

Referências: Taylor, T., Lader, D., Bryant, A., Keyse, L., & Joloza, M. T. (2006). Smoking-related behaviour and attitudes, 2005. London: Office for National Statistics.; Grando, S. A. (2014). Connections of nicotine to cancer. Nature Reviews Cancer14(6), 419-429.; Carter, B. D., Abnet, C. C., Feskanich, D., Freedman, N. D., Hartge, P., Lewis, C. E., … & Jacobs, E. J. (2015). Smoking and mortality—beyond established causes. New England Journal of Medicine372(7), 631-640.;
Créditos da imagem: http://www.tutorart.com/index.php/weekly-vector-inspiration-44/

Sobre Stop Cancer Portugal

Estar informado sobre como prevenir o cancro é o primeiro passo para garantir uma vida plena de saúde. Está pronto para começar? Concentre-se na prevenção, é saúde a longo prazo.