Yoga na conceção do bebé

A conceção e a gravidez trazem à mulher múltiplas alterações, primeiro ao nível hormonal, depois ao nível emocional, físico e mental.

O stress é um dos fatores que pode impedir a conceção. Não existem estudos suficientes acerca do stress psicológico, que permitam determinar a sua relevância sobre os níveis de infertilidade, mas há muitos indícios de que o atraso menstrual é muitas vezes motivado pelo stress psicológico.

Do ponto de vista biológico, sabe-se que o hipotálamo regula tanto a resposta ao stress, como a resposta ao estímulo sexual.

O stress em excesso pode levar à completa supressão do ciclo menstrual. Em casos menos graves, a glândula pituitária produz uma quantidade maior da hormona prolactina, podendo desregular o período menstrual.

O stress mantém os músculos em tensão, a mente e as emoções em sobrecarga, obrigando todo o corpo a estar em constante estado de alerta.

A prática regular de yoga não só previne, como ajuda a neutralizar o stress, promovendo tranquilidade, descontração e bem-estar. Mantem o corpo em equilíbrio, proporcionando um relaxamento completo do corpo e da mente. Contribui também, para a sensação de viver cada momento de uma forma plena.

Para muitas mulheres, o stress provoca tensão muscular na região pélvica, provocando ausência de movimentos com fluidez na zona da anca, dor lombar e congestionamento geral da zona inferior do corpo, incluindo tensão e dor na região abdominal.

A prática de yoga permite a total supressão destes sintomas de tensão, na zona abdominal e pélvica.

As posturas de yoga permitem trabalhar todos os músculos do corpo ao mesmo tempo, por isso é considerada como uma das formas mais completas de atividade física. Por outras palavras, a prática de uma determinada asana, numa determinada zona do corpo, acaba por beneficiar o bem-estar geral. É por este motivo que é vital manter sempre a coluna bem alongada, o peito aberto e a mente concentrada na respiração e na execução da postura.

Para eliminar ou aliviar o stress, a aula de yoga foca-se na prática de yoga restaurativo, com movimentos lentos, mantendo a postura com apoio de mantas, blocos e cintos, de modo a que os músculos permaneçam ativos e proporcionando ao corpo e à mente, uma sensação de tranquilidade e bem-estar.

Referências: Livro, “Yoga for Pregnancy & to get back into shape”, Francoise Barbira Freedman. Ed. Hermes House, Anness Publishing; “Yoga y Medicina”, Dr. Timothy McCall, Paidotribo; 1º edição (January 1, 2009). “El libro del yoga”, Swami Visnhu Devananda, Alianza Editorial, S. A., 2001
Créditos da imagem: http://www.life.hu/

Alexandra Pereira

Alexandra Pereira é professora de yoga certificada pela Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda (AIPYS), Espanha 2000. Licenciada em Filosofia (FLUP 1988) tem o Curso de osteopatia do Instituo Biomédico Hygea de Espanha (2005). Exerce a sua atividade profissional como professora (...)