Asanas: as posturas do yoga

Share on Facebook466Share on Google+0Tweet about this on Twitter

Como atividade física que é o yoga pode ser praticado por todos, independentemente da idade e da condição física.  A premissa mais importante é, respeitar o corpo.

Seja qual for a limitação física que sentir, o yoga poderá sempre ajudar a melhorar essa condição. Para isso, basta respeitar o corpo e o que ele pode oferecer.

No yoga as posturas denominam-se de asanas.

As asanas devem ser praticadas com plena atenção mental e a respiração sincronizada com o movimento.

Anote alguns requisitos para uma boa prática:

respiração tranquila e realizada sem esforço. Faz-se pelas narinas e nunca pela boca, sem a reter durante a prática.

– as asanas devem ser praticadas de estômago vazio. Por isso, a prática de yoga deve ser iniciada após uma hora da ingestão de uma refeição ligeira e após quatro horas de uma refeição pesada. Pode voltar a comer novamente, uma hora depois da prática de yoga.

– a melhor hora para praticar as asanas é ao amanhecer e ao entardecer. De manhã, as posturas não são feitas com muita facilidade, pois o corpo tem menos flexibilidade, mas por outro lado, a mente está mais concentrada, mais alerta. À noite o corpo tem mais flexibilidade mas a mente está mais cansada. Praticar de manhã, permite ao corpo e à mente um melhor rendimento durante o dia e praticar à noite retira a fadiga do dia e acalma corpo e mente.

– manter os olhos abertos, sobretudo na fase inicial. A prática com os olhos abertos permite uma maior consciência corporal para ajustar correções necessárias para uma melhor postura. Embora a prática com os olhos fechados ajude na concentração, é perfeitamente possível com os olhos abertos, focando o olhar numa direção determinada e concentrando a mente na postura.

libertar a tensão, sobretudo nos músculos faciais e nos músculos que controlam a respiração.

– procurar um local limpo e arejado e, um chão liso, uniforme e sem exposição direta do sol.

– as mulheres devem evitar a prática de asanas durante o período menstrual, sobretudo as posturas invertidas.

Existem muitos métodos de yoga: Hatha Yoga, Iyengar, Ashtanga, Viniyoga entre outros. Procure o mais adequado para as suas necessidades e personalidade. Mas sobretudo procure um professor devidamente certificado, para que, com a prática do yoga o ajude a descobrir-se a si mesmo.

Referencias: Manual Curso de Professores de Hatha Yoga Ed. Vidya-Academia de Yoga do Porto, 2010. “El libro del yoga”, Swami Visnhu Devananda, Alianza Editorial, S. A., 2001; “Yoga y Medicina”, Dr. Timothy McCall, Paidotribo; 1º edição (January 1, 2009).
Fonte da imagem: https://thaiyogaup.wordpress.com/tag/yoga/

 

 

Alexandra Pereira

Sobre Alexandra Pereira

Alexandra Pereira é professora de yoga certificada pela Asociación Internacional de Profesores de Yoga Sananda (AIPYS). Acredita que a prática de yoga pode oferecer uma melhoria da condição física, mental e psicológica do praticante.