Beterraba: nua e crua

Nua e crua é como deve comer a beterraba: depois de bem lavada e descascada, a beterraba está pronta para fornecer vários nutrientes.

Os principais nutrientes da beterraba são o folato, o manganésio, o potássio, as fibras e pequenas quantidades de vitamina C, magnésio e ferro.

Além destes nutrientes, também encontrados noutros legumes, a beterraba tem uma particularidade e que a distingue: contém um grupo único de pigmentos azotados solúveis, responsáveis pela sua cor vermelha intensa, as betalaínas.

Na beterraba, e no que respeita às betalaínas, a mais abundante é a betacianina-betanina, denominada simplesmente por betanina e com excelentes concentrações entre os 300 a 600 mg/kg.

Pelo que os estudos evidenciam, as betalaínas são compostos fitoquímicos que revelam uma potente atividade antioxidante, classificando a beterraba como um dos 10 vegetais com maior poder de proteção contra os radicais livres e de combate ao stress oxidativo, mecanismo este identificado por promover a inflamação e a carcinogénese.

Depois de mais de quinze anos de investigação com o grupo das betalaínas, há estudos que apontam para os seus efeitos benéficos no cancro do pulmão.

Um estudo publicado no British Journal of Nutrition verificou que o sumo de beterraba pode baixar a pressão arterial, contribuindo para a prevenção e tratamento da hipertensão, um dos fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Escolha beterrabas frescas, jovens e pequenas, com um tamanho semelhante ao de uma bola de golfe, de pele firme e cor vermelha escura.

Experimente uma combinação de beterraba, cenoura, pepino e pimento. Todos estes legumes crus, ralados ou em fatias muito finas, temperados com azeite, sumo de limão e salsa picada. É deliciosa e é uma entrada famosa da gastronomia francesa. Mais simples do que isto, em sumo.

 

Referencias: Stintzing FC, Carle R 2004. Functional  properties  of  anthocyanins  and betalains in plants, food, and in human nutrition. Trends in Food Science & Technology 15: 19–38.; Hobbs DA, Kaffa  N, George  TW, Methven L, Lovegrove JA. (2012) Blood pressure lowering effects of beetroot juice and novel beetroot enriched bread products in normotensive male subjects. Br J Nutr. 2012 Mar 14:1­9.; Zhang Q, Pan J, Wang Y, Lubet R, You M. Beetroot red (betanin) inhibits vinyl carbamate- and benzo(a)pyrene-induced lung tumorigenesis through apoptosis. Mol Carcinog. 2012 Mar 27.; Zielińska-Przyjemska M, Olejnik A, Kostrzewa A, Luczak M, Jagodziński PP, Baer-Dubowska W. The Beetroot Component Betanin Modulates ROS Production, DNA Damage and Apoptosis in Human Polymorphonuclear Neutrophils. Phytother Res. 2012 Jun;26(6):845-52.
Fonte de imagem:http://www.csid.ro/diet-sport/dieta-si-nutritie/galerie-foto-galerie-foto-alimente-scazute-in-calorii-12877834/p2

Este texto foi publicado pela primeira vez no Stop Cancer Portugal em julho de 2012.

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional nº 0052N. Investigadora na Fundação para a Ciência e Tecnologia (2011-2015). Membro do Centro de Investigação em Estudos da Criança – CIEC. Desenvolve a sua atividade na Investigação e na área da Nutrição Clínica. É autora e coordenadora de projectos de prevenção primária na área da saúde, bem como na organização e dinamização de seminários sobre hábitos alimentares saudáveis, predominantemente em ambiente escolar. Os seus atuais interesses de investigação, são no domínio da promoção e da comunicação para a saúde, na prevenção do cancro e de outras doenças crónicas. Responsável pela conceção e coordenação de campanhas para a prevenção do cancro. Trabalhou no Marketing Farmacêutico e especializou-se em Gestão e Comunicação da Marca (IPAM – 2003). Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal, adotar um estilo de vida saudável. Usa o novo acordo ortográfico. Margarida Vieira, nutritionist, is PhD in Child Studies of the University of Minho. Member collaborator of the Research Centre for Child Studies - CIEC. 
She is author and coordinator of projects for primary prevention in health care as well as in the organization and promotion of workshops on healthy eating habits in the schools. Her current research interests are cancer prevention and other chronic diseases and health communication.
 Responsible for the design and coordination of the awareness of campaigns for the prevention of cancer. Worked in Pharmaceutical Marketing and specializes in Brand Management and Communication. Author and Founder of Stop Cancer Portugal Project.