Amêndoa: dura por fora mas rica por dentro

amêndoaCasca dura, dupla casca, casca mole, pele fina e comestível, tudo isto pode existir na biodiversidade dos frutos.

Há frutos tão ricos que a própria Natureza se encarregou de disponibilizar o invólucro adequado para proteger tanta riqueza e ao longo do ano. É o que acontece com a amêndoa.

A amêndoa é um fruto de Setembro, oleaginoso e, como o nome indica, rico em óleo monoinsaturado, o ómega 9 (50%). Mas também é rico em proteínas (20%) e em diversas vitaminas, destacando-se aqui a vitamina E ou α-tocoferol, com 24 mg por 100 gramas. É, assim, um excelente alimento para a pele, é benéfica para o sistema nervoso e ainda ajuda a controlar o nível sanguíneo do colesterol. Sendo também rica em zinco, estimula a imunidade e acelera a cicatrização das feridas (maturação das células T).

É na pele da amêndoa, escura, que está concentrada a sua colecção de fitoquímicos. Os estudos indicam a presença de compostos da classe dos flavonóides, entre eles as antocianidinas (catequinas – 184mg/100g), as flavonas (luteolina) e os flavonóis (kaempferol), e da classe dos fitosteróis (187 mg/100 gramas).

Estes compostos bioativos, para além de possuírem capacidade de abrandar a patogénese das doenças crónicas, têm atividade antioxidante e anti-inflamatória, são capazes de promover a desintoxicação, a proliferação celular e diminuir os níveis séricos de LDL-colesterol. Todas estas ações resultam dum trabalho em sinergia com os outros componentes que estão presentes na amêndoa como é o caso das vitaminas, dos minerais, dos monoinsaturados, das proteínas e das fibras.

A maioria das mulheres, e agora também os homens, preocupam-se em usar um bom cosmético para cuidar e hidratar externamente a pele e, verdade seja dita, fazem muito bem! No entanto, agir internamente, através de uma alimentação cuidada é imprescindível. A camada externa da pele, em descamação contínua, está sempre em constante substituição por uma nova camada de células, novinhas em folha, que se formam e crescem de dentro para fora do organismo. Por isso, ao comer amêndoas com frequência, um punhado delas, junta todos os nutrientes que o organismo precisa para uma pele jovem, mas também para uma melhor defesa contra doenças.

Referências: U.S. Department of Agriculture, Agricultural Research Service. 2013. USDA National Nutrient Database for Standard Reference, Release 26. Nutrient Data Laboratory Home Page, http://www.ars.usda.gov/ba/bhnrc/ndl; USDA  Database  for  the  Flavonoid  Content  of  Selected Foods; Milbury PE, Chen CY, Dolnikowski GG, Blumberg JB. Determination of flavonoids and phenolics and their distribution in almonds. J Agric Food Chem. 2006 12; 54:5027-33.

Reedição do texto publicado a 10.09.2010 em: http://stopcancerportugal.com/2010/09/10/dura-por-fora-mas-rica-por-dentro/

 

Margarida Vieira

Sobre Margarida Vieira

Margarida Vieira é nutricionista e doutorada em Estudos da Criança na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Os seus interesses de investigação estão centrados na promoção e comunicação para a saúde e na prevenção do cancro. Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal - adotar um estilo de vida saudável.