Quero maçã, agora, pai!

Quando as crianças são educadas para terem comportamentos saudáveis, como por exemplo comer fruta, criam-se hábitos que perduram uma vida inteira.

O padrão de preferências e consumo de fruta e vegetais desenvolve-se nas crianças em idades precoces, pela influência direta dos pais, segundo a evidência científica.

Se os pais compreendem a importância do consumo diário de fruta e vegetais na promoção da saúde, expõem mais facilmente os seus filhos a experiências alimentares positivas. Haverá, por parte das crianças, maior aceitação e uma ingestão adequada destes alimentos.

Veja como a Ana Paula, uma criança de 3 anos, dá conselhos muito simples sobre a importância de comer fruta.


Referências: Haire-Joshu D, Elliott MB, Caito NM, Hessler K, Nanney MS, Hale N, Boehmer TK,Kreuter M, Brownson RC. High 5 for Kids: the impact of a home visiting program on fruit and vegetable intake of parents and their preschool children. Prev Med.2008 Jul;47(1):77-82.

Margarida Vieira

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional n (...)