Allioli: a versão catalã.

Share on Facebook8Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

allioliVoltar a casa depois das férias, com influências dos hábitos e costumes da região onde se esteve, acontece a todos.
E a gastronomia é o elemento tangível da cultura de um país ou província que mais perdura na memória; acontece que pode mesmo ficar para sempre e associada a dias relaxantes e descontraídos, como preferencialmente devem ser, esses dias de férias cobiçados e rigorosamente contados por todos.

Um bom exemplo disso é o allioli.

Allioli é a designação, em versão catalã, de um molho tão simples quanto saudável. Feito à base de muito alho, uma quantidade suficiente de azeite e uma pitada de sal marinho, recorre-se a um almofariz e um pilão acompanhado por uma dose de 2 minutos de paciência.

Esta forma de combinar o alho e o azeite pode ser muito útil para melhor apreciar alguns tipos de carnes e peixes grelhados, até mesmo legumes grelhados, o que pode ser mais uma alternativa para inserir mais vegetais na alimentação.

Depois da primeira tentativa com allioli adapte ao seu gosto e da sua família a quantidade mais adequada de dentes de alho.

Misturar alho ao azeite é um clássico das culturas gastronómicas do mediterrâneo e, cada qual, à sua maneira, dá um contributo para que prevaleça a tradição da dieta mediterrânea, proporcionando também benefícios nutricionais associados a estes alimentos, hoje comprovados cientificamente na redução do risco de cancro e das doenças cardiovasculares.

A atividade anticancerígena do azeite e do alho foram temas já abordados neste espaço em rubricas separadas, mas é sempre bom lembrar as suas qualidades terapêuticas e a sinergia nutricional que é possível obter para a prevenção das principais doenças crónicas que afetam globalmente a raça humana.

Vamos experimentar?
Comece por aqui, veja como se faz.

Fonte de Informação: www.stopcancerportugal.com

Margarida Vieira

Sobre Margarida Vieira

Margarida Vieira é nutricionista e doutorada em Estudos da Criança na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Os seus interesses de investigação estão centrados na promoção e comunicação para a saúde e na prevenção do cancro. Autora e fundadora do Stop Cancer Portugal - adotar um estilo de vida saudável.