Rich Lady e Diamond Princess

pêssegos

Podiam ser dois nomes de barcos de cruzeiro; aliás, Diamond Princess é de facto um dos maiores cruzeiros do mundo que, por esta altura do ano, faz o itinerário Canadá-Alasca.

Mas não: Rich Lady e Diamond Princess são duas variedades de pêssegos, entre centenas de variedades existentes pelo mundo fora. Em Portugal, em especial, a região da Beira Interior as condições climatéricas são particularmente favoráveis para a produção destas duas variedades.

O pêssego da Cova da Beira tem Indicação Geográfica Protegida (IPG) e, portanto, é portuguesíssimo. E foi de lá que, há dias, vim carregada com algumas caixas de Rich Lady.

Depois de os pesar, o seu peso médio rondava os 150 gramas por unidade. Através de cálculos nutricionais, verifica-se que um pêssego apresenta cerca de 59 calorias e com uma apreciável quantidade de fibra, 2 gramas, distribuída com equilíbrio entre fibra insolúvel e solúvel. Entre a fibra solúvel está a pectina que estimula e acelera o trânsito intestinal e dá uma preciosa ajuda na redução do LDL do colesterol. No que respeita a vitaminas e minerais, realçam-se a vitamina C, a vitamina A, a vitamina B3 e o potássio. Todos estes nutrientes são imprescindíveis e contribuem para que nada falte às células do corpo, na manutenção da saúde.

Os pêssegos contêm uma mistura de fitoquímicos que incluem ácidos fenólicos, flavonóides, antocianidinas, procianidinas e carotenóides. Há um estudo recente, realizado com pêssegos da variedade Rich Lady, que identificou o seu potencial anticancerígeno pela inibição da proliferação da linha celular MDA-MB-435 estrogénio independente do carcinoma da mama. Segundo este estudo, o efeito protector parece ser da responsabilidade do ácido clorogénico.

Os Rich Lady revelaram-se ainda como sendo pêssegos manifestamente suculentos e doces.

Conhecer melhor as diferentes variedades do pêssego, com mais e melhor informação, e, claro está, prová-las, permite que se tome melhores decisões, que se repercutem em comer melhor, com mais sabor e qualidade. Exija saber mais sobre os alimentos que compra.

Referências Bibliográficas:Noratto G, Porter W, Byrne D, Cisneros-Zevallos L. Identifying peach and plum polyphenols with  chemopreventive potential against estrogen-independent breast cancer cells. J Agric Food Chem. 2009 Jun 24;57(12):5219-26.; http://repositorio.ipcb.pt/bitstream/10400.11/183/1/Artigo%20Produ%C3%A7%C3%A3o%20e%20Qualidade%20NPP%202006(final).pdf 

Margarida Vieira

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional n (...)