O Humor e a Saúde

O riso e o humor são assuntos que têm atraído, desde da Grécia antiga, o interesse de filósofos e investigadores. A partir da década de 70, a investigação sobre estes temas têm crescido de uma forma exponencial.

Até agora, não existe uma definição clara, nem a conformidade entre os investigadores sobre a definição do humor. Uma das possíveis definições é o humor como qualquer estímulo que poderá levar a uma reacção psico-fisiológica do riso. Para a definição do sentido de humor é a capacidade de experimentar e ou estimular essa reacção.

Humor: rir é mesmo o melhor remédio

A ideia de que o riso ou humor melhora a saúde não é nova. Nas últimas décadas, têm-se tentado demonstrar que o riso é “o melhor remédio” para a cura de muitos problemas. Existe alguma evidência do valor terapêutico do humor: redução do stress, alta tolerância à dor, melhor capacidade para lidar com a doença, melhor auto-percepção da saúde.

O humor é relevante também para a saúde física e mental dos profissionais de saúde. Estes muitas vezes estão em situações altamente stressantes no trabalho: desde várias pressões, a escassez de recursos, a responsabilidades extremas, a riscos de morte e outras situações que podem prejudicar o equilíbrio mental. O sentido de humor é capaz de incutir nos profissionais de saúde, a energia psíquica que o seu trabalho exige para assim poderem ajudar a gerir e a superar a incapacidade de lidar com stress e o desânimo.

Para os doentes e para os profissionais de saúde, ter sentido de humor, é uma virtude que promove um melhor bem-estar e alegria de viver, e até, um crescimento em direcção a uma maior humanidade e plenitude. Neste sentido, o humor poderá ser, tanto o resultado, como a causa de um elevado nível de sabedoria e maturidade emocional.

André Louro

Doutorado pela Universidade Autónoma de Barcelona. Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e com especialidade avançada em Psicologia Comunitária pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Vários artigos publicados na área de Psico-oncologia. Tem interesse pelo estudo do comportamento huma (...)