“Pascha” – Festa para uma Vida Nova

Coelho Páscoa

Na Páscoa, em latim Pascha ou Festa Paschalia, as tradições variam muito, de acordo com os preceitos religiosos e as regiões.

É em momentos como este, que podemos comer e beber bem, sem pensar em restrições, mas sem exageros. É em festas como esta que, ao celebrar as nossas tradições, reencontramos familiares e amigos e até fazemos novos conhecimentos. A Páscoa é uma festa a não perder, é tempo de alegria, de partilha, de convívio em família e de aproveitar as iguarias e os presentes.

Há a tradição de pintar ovos cozidos, decorados ao gosto de cada um, para serem oferecidos, assim como os coelhinhos de chocolate.

O coelho, na antiguidade, simbolizava a fertilidade e o nascimento pela sua notável capacidade de reprodução e gerar grandes ninhadas de coelhinhos. Hoje, a tradição dos ovos pintados quase que já foi praticamente substituída pela presença dos ovos de chocolate. Mas a tradição de os decorar, com formas abstractas, está relacionada com rituais pagãos, relativos ao início da Primavera.

Desde sempre representaram a renovação e a nova vida.

Se é tempo de renascer e de vida nova, é acima de tudo o momento ideal para cada um pensar em fazer isso mesmo com a sua própria vida, tal como a natureza faz com a chegada da Primavera, em que se renova.

Depois destes festejos, faça uma reflexão: como pode oferecer, a si próprio, uma vida nova, uma vida saudável?
Uma melhor alimentação? Três idas ao health-club todas as semanas?

Aceitando estas duas sugestões ao mesmo tempo, o seu corpo pode ter uma vida nova.

Boa Páscoa.

Margarida Vieira

Margarida Vieira, nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP-1991), mestre em Nutrição Clínica (ISCSEM-2008). Doutorada em Estudos da Criança, na especialidade de saúde infantil pela Universidade do Minho. Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas com a cédula profissional n (...)